• Irene Moraes

    Peço licença para um acréscimo aqui: este middle aged man da foto merece também a “crown”, very handsome man! Desculpe-me a audácia, é somente para desopilar um pouco. Muito obrigada pela dica de hoje! Abraços…

  • Pingback: ()

  • Vera Graña

    And how would i say a young lady who wants to hooking up to elder an elder man?

  • Vera Graña

    There is an expression for “coroa”

    He is a long tooth man!

  • Myriad

    Gente esse blog é tudo de bom!
    A M E I ! !

    parabéns pelo trabalho!!!!!

  • BBPNO

    Ja ouvi em filme ”Older man” e na legenda estava como coroa. Mas esses legendas, né? çç

    • BBPNO,

      Tudo bem? Dependendo do contexto, não é uma solução ruim.

      Abraços a todos

  • Guilherme

    Estava vendo um seriado, e eles chamaram uma de coroa uma mulher, mas usaram outra palavra que nao consegui entender direito.

    Era mais ou menos coocar ou coogar algo assim

    • Guilherme,

      Tudo bem? A expressão “COUGAR” ou “COUGAR WOMAN” é usada para designar a mulher mais velha que gosta de sair com homens mais jovens. Pode servir, mas não é sempre que a definição de “coroa” se encaixa com a de “COUGAR”.

      Abraços a todos

      • Vera Graña

        How would you say: Homem mais velho que gosta de sair mulher bem mais nova (garotinhas).

  • É por isso que gosto do termo, oriundo da pornografia, MILF (Mom I’d Like to Fuck). Mas reconheço as inadequações da aplicação do termo num ambiente ou conversa não vulgar. 😛

    • Ulisses

      Bruno,

      Obrigado pelo comentário. Você já matou a charada, ou seja, não é em todo lugar que a abreviação é adequada.

      Abraços a todos

  • Dois vocábulos se nos apresentam para a palavra CORÔA em inglês. No masculino temos BACHELOR e para o caso da mulher encalhada a melhor expressão seria SPINSTER.

    • FredHenr,

      Obrigado pelo comentário, mas as sugestões não servem porque você simplesmente se esqueceu de todos os coroas casados, né? Além disso, "BACHELOR" quer dizer "solteiro" (nem precisa ser homem mais velho) e "SPINSTER" é termo altamente pejorativo, o que não se aplica a "coroa".

      Abraços a todos

  • Ulisses

    Nelson,

    Obrigado pela colaboração acima e pelo interesse no Tecla SAP. Volte sempre!

    Abraços a todos

  • Nelson Borba

    A palavra “Coroa” representando homens e mulheres já com uma idade mais avançada se originou, popularmente, do desenho animado “George, o Rei da Floresta”, que além do próprio George, tinha episódios do “Super Galo” e do “Tom sem Freio”. O Tom, que era um piloto de corridas, tinha uma namorada, chamada Maria, que o acompanhava nas corridas junto com sua mãe, que se chamava “Coroa”. Desde então as pessoas começaram a ter como referência “Coroa” como uma pessoa mais velha. Ex: “Aquela Coroa tá Enxuta”.

  • Ulisses

    Rafael,

    Obrigado pela visita. Leia minha resposta (comentário no. 6) acima.

    Abraços a todos

  • Rafael

    E que tal a palavra ‘geezer’? Não dá para utilizá-la em alguns contextos como alternativa a ‘coroa’?

  • Ulisses

    Renato,

    Como vai? Obrigado por complementar as informações contidas no texto do Ron Martinez. Mas “geezer” também não é um termo que demonstra exatamente carinho, não é mesmo? Não vi a cerimônia de entrega do Oscar mas sei que o Jon Stewart é democrata e, como poucos, pega no pé dos republicanos (como McCain). Assisto ao “The Daily Show” na CNN aqui do Brasil.

    Abraços a todos

  • Ulisses,

    Tenho ouvido muito o termo “geezer” exatamente com o sentido de coroa aqui nos EUA. O Jon Stewart até fez um comentário durante o Oscar referindo-se ao John McCain, chamando-o de Geezer.

  • Ulisses

    Eurico,

    Eu não me contentaria com 114 “só”! Vou passar fácil dos 120! E não estou me referindo a km/h… 😀

    Agora sério: obrigado pelo feedback sobre o livro do Ron Martinez. Já escrevi aqui que a opinião dos leitores/usuários dos livros vale tanto (ou até mais!) do que o parecer de especialistas.

    Abração

  • Eurico

    Ah, claro! Aproximadamente 60, digamos uns 57, talvez? E assim teríamos a meia idade de todas aquelas pessoas de 114 anos que andam por aí. Aliás, “aproximadamente entre 30 e 60 anos” quiçá seja uma boa aproximação no caso de datação por carbono 14. Poderíamos ficar com a média entre 30 e 60, 45 anos. Mas você sabe, não é? Média é uma medida imprecisa. Uma pessoa com a cabeça em um forno aceso e os pés em um refrigerador tem uma temperatura média ótima, apesar de estar morto. Mas tudo isso é “much ado about nothing”, como diria o bardo. É que eu estava com tempo e o papel em branco e tela do computador aceitam tudo. Volto a dizer que o livro é excelente e digo isso porque, assim que li a resenha neste blogue, fui comprar um exemplar. Amplexo.

  • Ulisses

    Eurico,

    Por isso o “aproximadamente”… 😉

    Abração

  • Eurico

    “… mas em inglês também tem nome para as pessoas entre, aproximadamente, os 30 e 60 anos: middle-aged (“de meia idade”):”. Sessenta anos de meia idade! Quantas pessoas você conhece com 120? Brincadeira! O livro é excelente. Amplexo.