• Pingback: ()

  • Mauro, como vai?

    😉 Volte sempre!

    Abraços

  • Pingback: ()

  • Pingback: ()

  • Pingback: ()

  • Augusta Scheer

    Eis uma postagem de utilidade pública! 😀

  • Luiz Marques de Lima

    Mais do que palmas, o Tecla SAP merece um Tocantins!

    Sempre atualizado, bem humorado, pertinente, útil, de bom gosto e alta qualidade. É um luxo ter um site/empresa assim!

    Vida longa ao Tecla SAP!

  • antonio gomes lacerd

    Hi The best! Please, How do I say in English ” A propaganda é a alma do negócio”?

  • Paulo Gonçalves

    Acho que pode-se dizer “hard line chicks”, que, segundo o American Heritage Dictionary of the English Language, é “A firm, uncompromising policy or position.”

  • Vitor Hugo Peart

    só queria saber o q é grelo duro em português mesmo?

    • Celio

      Esse termo é usado em Pernambuco. As pessoas de lá usam o termo referente à mulher para dizer uma mulher arretada, forte! Outros dizem que GRELO DURO É, para parte da região, O OPOSTO DE “POUCA PICA” NO
      NORDESTE. Pouca pica é sinônimo do cara que não se comporta (diante das
      responsabilidades que se impõem) como homem. Grelo duro é mulher que
      toma a frente, que dá a cara a pra bater, que se apoquenta, mas afronta.
      Por favor, nos ouçam primeiro regionalmente.

  • Celio

    Quando se faz a tradução de palavrões comuns em filmes, tudo bem, mas nesse caso, entende que a conotação política prevaleceu, não só pela citação do autor da frase, mas pelo fato de não se dar certeza da tradução – Suponho que o adjetivo chulo da língua inglesa mais adequado para ser usado na tradução de “grelo duro” é badass.

  • Ana Clara Bonetti

    Excelente Ulisses!

  • Luiz Fernando

    Very cool, I realize that the first phrase says “badass”. I believe would be better if Lula had told that word right? rsrsrs badass sounds better than “grelo duro”, I guess… Ulisses, thaks for bring to us things about our daily days, is really interesting how simple things like that can be learned in english too, and know about what not say in any place.

    Good Morning 😀

  • Esther Alcântara

    Legal, Ulisses! Gostei de você ter trazido essa expressão sem tabu, o que já tem sido um diferencial bacana no seu trabalho. Considero que o machismo está muito mais no tabu e no alarde que se faz do uso de expressões assim que realmente no uso delas. Ainda mais quando levamos em conta o contexto e a região do falante, o que, como você comenta, faz diferença no peso que uma expressão tem. Por mim, usemo-na em português e inglês! Aliás, parece que está virando moda, porque não se fala em outra coisa… rsrsrs

  • Lilian Santos

    Em um mundo tão conectado, é primordial saber o significado seja lá do que for. Indepentemente do teor.
    Aprender nunca é demais.