• jeovane

    Temos uma palavra que traduz bullying, sim: acossamento

    (a.cos.sa.men.to)

    sm.

    1. Ação ou resultado de acossar, de seguir ao encalço; ACOSSO

    2. Perseguição incessante: “Esses estão aguentando acossamento do Governo, tiveram de sair de suas terras e fazendas…” (Guimarães Rosa, Grande sertão: veredas.))

    3. Taur. Perseguição do animal (touro, rês) por cavaleiros montados, para prendê-lo ou derrubá-lo

    4. Maus-tratos físicos, castigo; FLAGELO

    5. P.ext. Provocação ou sensação de incômodo, sofrimento; SUPLÍCIO

    Read more: http://aulete.uol.com.br/acossamento#ixzz2eQO4YhZC

  • Irineu

    Eu sempre ligo Bullying a Bull mesmo que não tenha nada haver etnologicamente falando faz muito sentido

  • Vera Graña Cruz

    I just remembered of the Movie with Michael Douglas and Demi Moore characters “Harassment”, quite interesting.

  • e muito bom

    • pq fala o que não deve fazer na escola ou en outros lugare iso e uma leiiii

      bullying naooooooooooooo

  • eu ja vim varios casos mais eu nao quero que iso arcoteca porque varias pessos ela sofi por casa diso is ar cotece epa ar irtenete ao ne casA

  • BULLYING Existem o Bullying físico, psicológico , misto… de qualquer forma, eu, como mãe, peço para que nenhum pai ou mãe se omitam, não dê a desculpa de que era apenas uma brincadeira…Não podemos, como adultos, ser coniventes com essas atitudes das crianças…mesmo dos nossos filhos.

  • jessica

    eu acho q quem comete o ato de bullying é uma pessoa sem noçao ela nao sabe as comcecuencias,coitada da pessoa q esta sendo chingada agredita por fostes palavras ameasadoras de pessoas q nao tem amor nem pela propria vida quem comete esse ato pense mude tenha compaixao pela vida dos outros e principalmente com a sua nao deiche calar

  • Gisele T. Guterres Martini

    Como eu posso evitar o Bullying na escola.

  • Joana

    Existem o Bullying físico, psicológico , misto… de qualquer forma, eu, como mãe, peço para que nenhum pai ou mãe se omitam, não dê a desculpa de que era apenas uma brincadeira…Não podemos, como adultos, ser coniventes com essas atitudes das crianças…mesmo dos nossos filhos.

  • Paulo Jorge Ferreira do Nascimento

    Muito interessante a matéria, no meu entender, BULLIYNG é uma forma americanizada de se chamar PRECONCEITO, e esse, existe nos quadros cantos da terra, os exemplos estão aí e ninguém toma providências, tem que haver nas escolas primárias e universitárias uma matéria específica sobre o significado “bulliyng”, sem arrodeiros; e que a legislação pátria seja rigorosa e que não passem as mãos nas cabeças dos “bacanas”, cometeu qualquer tipo de preconceito, seja punido com rigor. E isso, não acontece!!. Cadê os agressores do jovem homossexual que foi agredido em São Paulo-SP, estão pressos???. Tenho absoluta certeza que a pena deles, foi o pagamento de cestinha básica, pagaram, saíram dando risadas abraçados com seus Pais. E foram à rua cometerem outras agressões (isso é bulliyng). CADÊ A JUSTIÇA DE NOSSO PAÍS !!!. Depois não se lamentem quando jovens banidos da sociedade por seus próprios “colegas” cometam atrocidades igual a que aconteceu recentemente no Rio de Janeiro-Ro. Falta dignidade, moral, familia, educação, orientação do Estado e acima de tudo DEUS.

  • Yanda Stephany

    Maravilhoso este site!Recomendo aos amigos,encontrei tudo que precisei,falando sobre bullying….

  • larisa

    alguem sabe se tem outro site q explique isso!?

  • aline

    legal esse papo de bullying ne vamos nus se consentizar que bullying n e bom

  • Vinicius

    Gosto muito das dicas do Tecla Sap, Não vejo a hora de assistir a palestra do Ulisses na USJT dia 8 de setembro.
    Abraços

  • kamylla

    ja sofri buççymg e me, percebi! tenho 12 anos e as meninas do colegio so me xingam e qerem me bater agora vou reclamar a direção da escola e se deixar vou a delegacia quem sabe elas num vao pra febem!!! AGORA QUEM É A MALANDRONAA HAHA!!!

  • emelly

    oi , Ulisses says
    adorei mto esse site …
    e a partir de agora eu vou pesquisar minhas dúvidas só aki . esse site me ajudou mto em 1 trabalho ! mto obrigada mess por t feito essa matéria !! agora vou indik soment esse site p/ todos …
    valeu !!

    • Ulisses

      Emelly,

      Obrigado pelo comentário simpático. Volte mais vezes e comente sempre que puder.

      Abraços a todos

  • “Bulling” é o termo que significa humilhar, constranger, ofender, perseguir e difamar. Esse desvio de comportamento parte de um agressor que faz com que o seu alvo receba abusos morais ou físicos.

    O caso se torna mais grave quando a vítima se afasta do convívio social, cria desinteresse aos estudos e ao trabalho e é abalada profundamente em sua auto-estima, devido aos insultos pejorativos que recebe.

    Com os avanços da tecnologia, esse constrangimento partiu para internet e ganhou força. A nova prática recebeu o nome de “Cyberbulling” e se infiltrou em correios eletrônicos, blogs, Orkut, Msn, etc. O agressor nesse caso, muitas vezes escondido atrás de um apelido, dissemina sua raiva e felicidade enviando mensagens ofensivas a outras pessoas. Em muitos casos, ele exibe fotos comprometedoras, altera o perfil das vítimas e incita terceiros a reforçar o ataque. O único propósito é a humilhação da vítima e isolamento daquele que é considerado mais fraco ou diferente.

    A psicóloga do Núcleo de Pesquisa da Psicologia em Informática da PUC de São Paulo, Maluh Duprat, explica que o agressor precisa derrubar alguém para se sentir forte, ser mais popular no grupo, obter o lugar da vítima no trabalho e esconder suas próprias fraquezas através de seus ataques.

    “Quem agride, quer que o seu alvo se sinta infeliz como na verdade ele é. É provável que o agressor também tenha sido humilhado um dia, descarregando no mais frágil a sua própria frustração e impotência”, explica a psicóloga.

    O mais grave dessa situação é a vítima, que na maior parte das vezes, não sabe como reagir. As conseqüências são isolamento, sofrimento solitário sem qualquer busca de ajuda.

    Maluh Duprat sugere que nesses casos o melhor a ser feito é criar uma distância do agressor e de seus ataques. Não é interessante responder às provocações, pois isso aumentaria a raiva do agressor e é exatamente isso que ele quer. “Outra coisa importante é não manter segredo da ofensa, intimidando-se. Pode ser um bom momento de lidar com os próprios complexos, de superar com a ajuda da família ou dos superiores no trabalho uma situação de confronto maior que seus recursos internos”, completa. Obviamente, é necessário evitar a exposição excessiva na internet, seja de dados pessoais, conversas com amigos e fotos. jhon willian de suoza ferreira

  • maya

    adorei saber sobre essa informacao mas tem muito casos de bullying em todo o pais o mais grandes e fortes sempre pegam os mais fracas isso e´corvardia aqui em aconteceu um caso de bully so porque o garoto era gordo !! que preconceito e esse o coitado do garoto levou um tiro nas costas quando estava saindo do onibus

  • Oi Ulisses

    Bullying me parece um daqueles casos em que a gente “esquece” que havia um termo na nossa língua ou em que o conceito na língua original ganha novos contornos (mais peso cultural no caso do bullying) e a gente sente que a palavra antiga não dá mais conta do recado. A palavra que tenho em mente é perseguição, que sempre foi usada para designar essas atitudes intimidatórias nas escolas. Para o bully, valentão, brigão, como foi bem lembrado acima. Enfim, essa é a minha opinião, não precisa me dizer que veio do livro do Agenor, pelo amor de Deus! De toda a forma, o bullying já se consagrou pelo uso nos anos recentes, quem chamar de perseguição corre o risco de ouvir “Ah vc quer dizer bullying?”

    • Ulisses

      Eugênia,

      Tudo bem? Concordo plenamente com tudo o que você escreveu. Não iria dizer que o texto é do Agenor porque sei que você, leitora frequente do Tecla SAP, sabe que muita coisa publicada aqui é de autores convidados. 😉

      Beijos

  • adorei este site,me ajudou muito em um trabalhor escolar

    • Ulisses

      Felipe,

      Valeu! Volte mais vezes!

      Abraços a todos

  • esse te tal de bullying esta contesendo comigo aqui na minha escola

    • Ulisses

      Sabrina,

      Denuncie a prática para a direção da escola. Não se cale!

      Abraços a todos

  • Valentão, como um touro (bull) bravo. Contra eles, basta usar a toalha vermelha. =^) If y’know wht I mean?

  • carolyne cardoso

    eu acho ridiculo pessoas desse jeito q nau teim o q fazer e fica batendo nos mais fracos,muitas pessoas deixam de ir as escolas com medo de apanhar ou até se matam com muito medoo!

  • gui

    eu gostei desse saite

  • my

    eu gostei muito desse saite

  • malbec

    to curtindo esse site precisava saber o que significa ”BULLYNG” para fazer um trabalho de escola e esse site foi minha salvaçao!
    parabéns a todos vc6!

    • Ulisses

      malbec,

      Obrigado pelo feedback positivo. Volte sempre para esclarecer suas dúvidas de inglês.

      Abraços a todos

  • iohann

    Bullying, ou seja valentão, adorei esse site, e ja passei pra escola!!!
    todo mundo falo que pesquisou aqui!!!
    a e brigadão por ter feito esse!!!
    o trabalho da escola tirei 10!!!

    • Ulisses

      Iohann,

      Tudo bem? Obrigado pelo comentário. Observe que “bullying” é o ato praticado pelo “valentão”.

      Abraços a todos

  • ana

    muito obrigada por te feito este site eu presisava para um trabalho da escola xau

    • Ulisses

      Ana,

      Valeu! Volte sempre!

      Abraços a todos

  • Marli Bastos

    Estou amando o site.acabei de descobrir e já estou nele há 40 minutos.Muito bom!!Parabéns

    • Ulisses

      Marli,

      Obrigado pela mensagem simpática. Espero que você volte mais vezes. Valeu!

      Abraços a todos

  • Rosana

    bullying parece bulir …bulindo de mexer, incomodar…

    • Ulisses

      Rosana,

      Parecer, até parece, mas fica só na semelhança fonética mesmo. Obrigado pelo interesse no Tecla SAP.

      Abraços a todos

      • Tem muita semelhança fonética que acaba pegando e, no caso de bully, eu ficaria super feliz se “bulir” pegasse. Era assim que a gente falava aqui quando eu era criança: “Pára de bulir com a chiquinha! Vai apanhar, hein?” IMNSHO, “bulir” seria uma excelente tradução, Ulisses!

        Feliz ano novo! Aproveita p/ver o meu cartão de ano novo aqui:
        http://bit.ly/ijugcr

        • Jussara,

          Pois é, seria ótimo se fôssemos “trendsetters”, mas estamos, na prática, mais para “trend followers”. 😉

          Abraços a todos

          PS: O cartão está muito bonito!

  • Raquel

    Maravilhoso este site! Descobri ontem e estou gostando muito!
    Parabéns ao(s) autor(es)!!!!!!
    Recomendei aos amigos!

    • Ulisses

      Raquel,

      Obrigado pela visita e pela ajuda na divulgação do Tecla SAP. Volte mais vezes.

      Abraços a todos