Skip to content

The ugly American – Liar, liar, Speedo on fire

Ulisses Wehby de Carvalho

The ugly American

Liar, liar, Speedo on fire

ugly american

A capa do tabloide sensacionalista New York Post de 19 de agosto de 2016 estampa foto do nadador americano Ryan Lochte. A manchete The Ugly American e o subtítulo Liar, liar, Speedo on fire podem causar problemas de compreensão. É somente por essa razão que a notícia é destaque no texto de hoje do Tecla SAP.

The ugly American

Deduzo que você já ouviu falar de The Ugly Duckling (O Patinho Feio), a famosa história de Hans Christian Andersen, e conhece muito bem o significado de ugly. Embora o significado mais comum desse adjetivo seja de fato “feio”, o antônimo de “bonito”, ugly pode também significar “desagradável”, “repugnante”, “imoral” e demais sinônimos.

The ugly American é expressão usada para descrever certos americanos, especialmente quando estão no exterior, que adotam comportamento egoísta e arrogante desrespeitando costumes e menosprezando a cultura local. The Ugly American é também título de um romance de 1958, de William Lederer e Eugene Burdick. No auge da guerra fria, os dois autores criticam o comportamento da diplomacia americana no sudeste asiático. O livro inspirou um filme homônimo de 1963, estrelado por Marlon Brando.

A “feiura” nesses casos se refere, portanto, ao comportamento demonstrado por Ryan Lochte em recente episódio, durante a realização dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Segundo a polícia carioca, o atleta mentiu ao afirmar que havia sido assaltado. A mentira teria sido contada para acobertar uma confusão em que ele e outros três nadadores americanos se envolveram em um posto de gasolina. O caso está sendo chamado de Lochte Gate, em referência ao escândalo político chamado Watergate, que acabou provocando a renúncia do Presidente Richard Nixon. A hashtag #LochteGate continua na lista dos trending topics.

Cf. HASHTAG: qual é o significado? Existe tradução?

Cf. Por que acrescentamos “GATE” aos escândalos de corrupção?

Se você tiver interesse em saber mais sobre o assunto, não faltam notícias na imprensa sobre os desdobramentos da história. Nosso foco no Tecla SAP, você já sabe, é puramente linguístico.

Cf. Inglês americano x inglês australiano: algumas diferenças

Liar, liar, Speedo on fire

O subtítulo Liar, liar, Speedo on fire é a segunda expressão em destaque porque ela também pode não ser facilmente entendida. Trata-se, na verdade, de uma adaptação bem humorada de uma locução usada por crianças quando desconfiam que alguém está mentindo. A expressão original é Liar, liar, pants on fire, cuja tradução literal seria algo na linha de “Mentiroso, mentiroso, sua calça vai pegar fogo”.

A adaptação para Liar, liar, Speedo on fire, é uma referência à sunga usada pelos nadadores. Sabemos que Speedo é o nome de uma empresa fabricante de material esportivo para natação, mas a palavra passou a designar o próprio calção de banho.

Cf. 12 canais de inglês no YouTube

Speedo e a metonímia

O uso da palavra Speedo para significar sunga em geral é mais um exemplo da figura de linguagem chamada metonímia, ou seja, a substituição de uma palavra por outra quando existe relação lógica entre elas. Quem nunca parou para tomar uma Skol (cerveja) quando saiu de casa para comprar gilete (lâmina de barbear)? Não gosta de Skol e prefere barbeador? Troque os exemplos por Jack Daniel’s (uísque) e o.b. (absorvente interno) ou por 51 (cachaça) e Cotonetes (hastes flexíveis com ponta de algodão).

Liar, Liar

Acredito que agora também ficou mais fácil entender por que motivo o filme de 1997 Liar, Liar, dirigido por Tom Shadyac e estrelado por Jim Carrey, recebeu esse nome. No Brasil, o título adaptado é “O Mentiroso” e, em Portugal, a obra é conhecida por “O Mentiroso Compulsivo”.

Cf. Como se escreve “mentiroso” em inglês?

The Lochte Mess Monster

Outro tabloide nova-iorquino, o Daily News, também não perdeu a chance de tirar sua casquinha da situação, como podemos observar na foto a seguir.

ugly american

A alusão é feita dessa vez com o Loch Ness Monster, o temido Monstro do Lago Ness. A ironia, nesse caso, fica bem mais fácil de ser percebida.

Conclusão

Vimos no post de hoje que as expressões que têm tom irônico causam maior dificuldade de compreensão. Muitas vezes, precisamos lançar mão de conhecimento prévio de diversas áreas para detectarmos duplos sentidos e absorver o conteúdo apresentado em sua totalidade.

É verdade que o pretexto foi uma manchete de um tabloide sensacionalista americano que está cobrindo o incidente. Vamos admitir que o fato em si não vai mudar a sua vida em quase nada. Mesmo assim e apesar de ter sido de maneira superficial, tratamos de literatura infantil e adulta, diplomacia, língua portuguesa, cinema, esportes e do nome de uma empresa de material esportivo. Cada informação, mesmo que fragmentada, contribuiu para o entendimento do todo.

Há poucos dias uma pessoa me pediu nos comentários do canal do Tecla SAP no YouTube orientação para ela entender o noticiário em inglês na televisão com mais facilidade. A resposta está dada no texto de hoje. Tudo fica mais fácil quando temos acesso a um bom volume de informações e, depois, conseguimos relacioná-las. Somente a partir desse ponto seremos, de fato, detentores de conhecimento.

Em suma, não se limite a ler ou estudar somente temas de sua área de atuação, seja na escola ou no trabalho. Faça um esforço consciente para ampliar seus horizontes e despertar o interesse sobre outros assuntos também. Sempre que possível, mantenha contato com a língua inglesa. Tenho certeza de que você vai perceber que tudo vai ficar mais fácil de entender.

Cf. Jogos Olímpicos Rio 2016: esportes em inglês (com tradução e pronúncia)

Speak up! We’re listening…

Quero muito saber o que você achou da explicação sobre a manchete The Ugly American – Liar, liar, Speedo on fire. O texto foi útil de alguma forma para você enriquecer seu vocabulário e ampliar seus conhecimentos da língua inglesa? Responda, por favor, na seção de comentários abaixo. Muito obrigado pela participação.

YouTube, Facebook, Twitter, Instagram etc.

Vai ser muito legal continuar essa conversa nas redes sociais! São várias as opções para você não deixar seu inglês enferrujar:

Ficou faltando falar de alguma rede social? 😉 Agora você só não mantém contato com a língua inglesa se não quiser! A gente se fala. A conversa pode ser sobre a manchete The Ugly American – Liar, liar, Speedo on fire ou qualquer outro assunto de sua preferência. Muito obrigado pela participação.

46 thoughts on “The ugly American – Liar, liar, Speedo on fire

  1. Pingback: COVER UP: qual é o significado e a tradução desse phrasal verb?

  2. Pingback: GATE: por que acrescentamos "GATE" aos escândalos de corrupção?

  3. Ulisses Wehby de Carvalho says:

    Oi, André, tudo certo?

    Muito obrigado pela participação. Volte mais vezes e comente sempre que puder.

    Abraços

    Reply
  4. Ulisses Wehby de Carvalho says:

    Rafael, como vai?

    Muito obrigado pelo interesse e pela mensagem simpática. Agradeço de coração. Volte sempre.

    Abraços

    Reply
  5. Lindy says:

    Ulisses, Ulisses…sempre preocupado em nos fornecer o melhor. Thanks a million !!!

    Reply
  6. Marcelo says:

    Ulisses Wehby and Tecla Sap getting better and better. always the best.. Thanks for everything

    Reply
  7. Rachel says:

    Muito interessante, de fato, para não nativos, a primeira manchete esconde um pouco o seu tom crítico/irônico.

    Reply
    • Ulisses Wehby de Carvalho says:

      Rachel, tudo bem?

      Fico feliz em saber que o texto serviu para elucidar suas dúvidas. Volte mais vezes.

      Abraços

      Reply
  8. Marcos Rocha says:

    Ulisses, assim fica bem mais fácil entender o idioma e a forma como é construído o raciocínio e os significados.

    Reply
    • Ulisses Wehby de Carvalho says:

      Marcos, tudo bem?

      Fico contente em saber que o texto foi útil para você. Muito obrigado pelo feedback.

      Abraços

      Reply
  9. Nancy Lamartine says:

    Adorei as expressões usadas sobre o nadador.
    Já tinha lido sobre o assunto (em inglês) e tirei minhas deduções.
    Achei o mesmo sobre as manchetes.
    Também achei ótimas as expressões que não conhecia o significado delas.
    Gostei do Ugly, sobre como a marca Speedo foi usada e a monster (ótima).
    Grande nadador e mentiroso.
    Várias pérolas para nosso vocabulário.
    Agradeço Ulisses (Tecla SAP)!!!

    Reply
    • Ulisses Wehby de Carvalho says:

      Nancy, tudo bem?

      Fico mesmo muito contente em saber que o post serviu para você ampliar seu vocabulário. Volte mais vezses e comente sempre que puder.

      Abraços

      Reply
  10. Isabella Covre says:

    Simplesmente maravilhoso o site no geral. Apresentei para meu o meu pai e ele também amou. Muito obrigada, a cada dia aprendo mais e mais! Great jog, Ulisses!

    Reply
    • Ulisses Wehby de Carvalho says:

      Isabella, tudo bem?

      Muito obrigado pelas palavras simpáticas e também pela força na divulgação. Sejam bem-vindos ao Tecla SAP!

      Abraços

      Reply
  11. Helmar says:

    Gostei muito desse tecla SAP. Não conhecia os sinônimos de ugly e do jogo de palavras “liar, liar, pants on fire”. Obrigado,

    Reply
    • Ulisses Wehby de Carvalho says:

      Helmar, como vai?

      Muito obrigado pela gentileza. Fico contente em saber que o texto serviu para você enriquecer seus conhecimentos de inglês.

      Abraços

      Reply
  12. Ciro Sanchez says:

    Já cansei de elogiar os textos do Ulisses, mas só hoje notei como os posts dos leitores são enriquecedores e complementares! Ao tratar da cultura ALÉM do idioma, o Tecla SAP consegue amalgamar os “poucos-por-cento” que (de acordo com várias e entristecedoras pesquisas) não somos analfabetos funcionais.
    “To infinity… and beyond!”

    Reply
  13. Bruno Souza says:

    Parabéns! Muito bom o texto, em casos assim percebemos que devemos ter, além do conhecimento linguístico, o conhecimento da cultura do local para podermos contextualizar as informações dando o sentido mais próximo do real.

    Reply
    • Ulisses Wehby de Carvalho says:

      Bruno, tudo bem?

      Conhecer a cultura local é simplesmente indispensável. Seria tão mais fácil se bastasse conhecer algumas regrinhas e diversas palavras, mas falar um idioma estrangeiro requer vários tipos de conhecimento. Bons estudos!

      Abraços

      Reply
  14. Marcos Laurenciano Almeida says:

    Very good article! Some expressions are sometimes really hard to understand.

    Reply
  15. Marcos Leonel says:

    Super útil e esclarecedor o texto. Gostei muito e confesso que a manchete estava para mim como “o americano feio” mesmo, pois n
    ão conhecia os desdobramentos, isto é, os sinônimos de “ugly” e as expressões do( rsrsrs) “fogo nas calças” Obrigado, valeu!

    Reply
    • Ulisses Wehby de Carvalho says:

      Marcos, tudo bem?

      Muito obrigado pelo interesse no Tecla SAP e pela gentileza de comentar. Volte sempre!

      Abraços

      Reply
  16. Monica Pena says:

    Cultura! Isso é muito importante para compreender a língua. Eu entendi o “ugly”, mas nunca tinha ouvido falar do livro ou do filme. Dez! O mesmo com relação à fala infantil: nunca ouvi falar de “liar, liar, pants on fire!” – então, para mim não estava clara a referência: apesar de entender a metonímia, não sabia a origem da expressão. Claro que a referência ao monstro de Loch Ness era super clara… Parabéns! Continue adicionando à nossa cultura, pobres eternos aprendizes de inglês! Quem sabe assim eu finalmente consigo rir de uma piada ou comédia inglesa ou americana? Por enquanto, continua tudo muito sem graça: ou muito óbvio ou muito ininteligível! 😀

    Reply
    • Ulisses Wehby de Carvalho says:

      Mônica, como vai?

      Muito obrigado pelas considerações. Fico mesmo feliz em saber que o conteúdo do Tecla SAP ajuda tanta gente. Volte mais vezes e comente sempre que puder.

      Abraços

      Reply
  17. Mary Buiatti Carrijo Martins says:

    Muito interessante e elucidativa esta matéria. Esta metonímia me fez lembrar jacuzzi que já ouvi em filme em referencia à banheira. Ótimo texto. Abraços!

    Reply
    • Ulisses Wehby de Carvalho says:

      Mary, tudo bem?

      Muito bem lembrado. Jacuzzi é mais um excelente exemplo. Muito obrigado pela colaboração.

      Abraços

      Reply
  18. Édio Cardoso Dias says:

    Great Ulisses! Ótima explicação sobre a identificação de palavras figuradas e entendimento baseado no contexto do assunto! Valeu mesmo! Obrigado!

    Reply
    • Ulisses Wehby de Carvalho says:

      Édio, tudo bem?

      Muito obrigado pelo feedback. É gratificante mesmo saber que o trabalho está sendo reconhecido. Volte sempre!

      Abraços

      Reply
  19. sergio deabreu says:

    Perfeito! bastante oportuno usar um assunto do momento. Gostei bastante do texto! um grande abraço professor

    Reply
  20. sergio deabreu says:

    Perfeito! bastante oportuno usar um assunto do momento. Gostei bastante do texto! um grande abraço professor.

    Reply
    • Ulisses Wehby de Carvalho says:

      Sérgio, como vai?

      Muito obrigado pelo comentário. É bom saber que o conteúdo está sendo bem aproveitado. Volte sempre!

      Abraços

      Reply
  21. Are tha says:

    Thumbs up pela aula!! Com certeza conhecer o contexto e o duplo sentido é um grande passo na fluência da lingua inglesa.

    Eu mesma, mesmo vivendo fora, ainda sofro um pouco pra pegar o humor cítrico dos ingleses. Posso dizer que agora já consigo captar mais pq estou pensando fora da caixa.

    Dias atrás uma jamaicana estava no metrô e disse pra mim que os passageiros ao lado estavam conversando tão alto que ela poderia ouvir a conversa deles de longe. Os passageiros ao lado estavam na verdade cochixando pq uma das moças era brasileira e estava traduzindo a conversa para o outro passageiro.

    Me senti numa saia justa pois entendi o humor da moça jamaicana mas meu lado brasileiro de tentar amenizar a situação falou mais alto. Abços.

    Reply
    • Ulisses Wehby de Carvalho says:

      Are tha, tudo bem?

      Muito obrigado por compartilhar sua história com os leitores do Tecla SAP. Volte mais vezes e comente sempre que puder.

      Abraços

      Reply
  22. Norberto Moritz says:

    Muito bom, inclusive o aproveitamento do fato acontecendo agora conta muito.
    Quanto à pessoa que pediu ajuda, eu vejo as notícias internacionais na tv brasileira e praticamente sempre elas aparecem na BBC e CNN. Depois de conhecer o conteúdo, dá para entender em inglês mesmo que algumas palavras escapem, neste caso recomendo não usar o dicionário pois se entendeu alguma coisa já alcançou seu objetivo. Após algum tempo dá para entender muito das matérias e as palavras inéditas soam conhecidas.

    Reply
    • Ulisses Wehby de Carvalho says:

      Norberto, tudo bem?

      Muito obrigado pelas considerações. Concordo com você porque todo o conhecimento de apoio sobre o assunto, fatos, lugares, datas, personagens etc. contam muito. Volte mais vezes.

      Abraços

      Reply
  23. Luciane says:

    Adorei o texto! Foi muito útil! Grande abraço!

    Reply
  24. Enio says:

    agora consegui entender perfeitamente essas manchetes

    Reply
  25. Pingback: Mentiroso! Como se escreve "mentiroso" em inglês?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *