Brasileira paga mico na rodoviária de Londres

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Contribuição anônima

perder o ônibusEu estava em Londres e havia me programado para viajar de ônibus para Liverpool. Como de costume, acabei perdendo a hora e fiquei desesperada. Um amigo australiano, que iria me acompanhar até a rodoviária, me convenceu, após muito esforço, a tentar trocar a passagem. Naquela época, eu acreditava que os ingleses eram muito rigorosos com essas coisas de horário e confesso que me deu vergonha de ir pedir para trocarem o bilhete. Na minha cabeça, seria um processo muito complicado e me daria mais dor de cabeça.

Como esse amigo insistiu muito, fui ao guichê e tentei explicar o meu caso. Disse: “Oh, I lost my bus! Could you change my ticket?” [Ah, perdi meu ônibus! O senhor poderia trocar a minha passagem?]. O homem no guichê, muito simpático, sorriu e me disse: “Yes, of course!” [Claro que sim!]. Mas antes de me dar outra passagem, ele parou, olhou para mim com um leve sorriso e perguntou: “So, how did you lose your bus? It’s a huge bus, you know? It’s quite difficult to lose such a big thing.” [Então, mas como você conseguiu perder o ônibus? É um ônibus enorme, sabia? Não é fácil perder uma coisa assim tão grande.] Sem entender o que havia de engraçado com a história, fiquei tentando explicar o que havia acontecido, ou seja, que eu tinha perdido a hora e, consequentemente, o ônibus. Mas os dois continuavam rindo. Finalmente, o australiano me explicou: “You miss your bus. You don’t lose your bus!” [Você perde o ônibus. Você não perde o ônibus!].

Cf. O que “Kombi” tem a ver com “ônibus”?!?
Cf. Expressões Idiomáticas: Perder o Bonde

MORAL DA HISTÓRIA: O motivo da confusão já foi explicado no relato acima. Confira as dicas em “Falsas Gêmeas: LOSE x MISS” para não esquecer mais a diferença entre essas duas palavras da língua inglesa e não sair por aí pagando mico à toa! 😉

Cf. Textos Mastigados

Referência: “Aprenda inglês com humor – Micos que você não pode pagar”, de Ulisses Wehby de Carvalho, ©Tecla SAP, 2012. Leia a resenha.

Quem nunca deu uma bola fora ao falar inglês? Os relatos de situações constrangedoras vividas por quem ainda não possui domínio da língua inglesa têm o objetivo de divertir, ensinar e evitar que mais gente caia nas mesmas armadilhas. Se conhecer um caso parecido, envie mensagem para [email protected]. Nomes e e-mails não são divulgados nesta seção.