Babá brasileira paga mico em Nova York

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Contribuição anônima

HONEY: Babá brasileira paga mico em Nova York

honeyEsta história aconteceu com uma moça brasileira que trabalhava em Nova York. Ela era babá de uma família americana fazia poucas semanas. Durante esse período, ela escutou a dona da casa falando com o marido por telefone algumas vezes. Carinhosamente, a patroa o chamava de “Honey”. A babá, portanto, estava sempre ouvindo “Honey” pra cá e “Honey” pra lá.

Cf. Falsos Cognatos: PATRON
CfFalsas Gêmeas: CHIEF x BOSS x CHEF
Cf. Brasileira paga mico em restaurante nos EUA

Um belo dia, a brasileira chega na casa de manhã e percebe que a esposa havia saído mais cedo para trabalhar. O pai da criança é que estava em casa esperando a babá chegar para que ele também pudesse sair para o escritório. A brasileira teve que fazer uma pergunta ao dono da casa e disparou: “Mr. Honey, I would like to know if…!”

Cf. Piadas em inglês: Casal feliz
Cf. Mico Premiado: História 11

MORAL DA HISTÓRIA: A babá (baby-sitter em inglês) acabou pagando o maior mico porque desconhecia o uso de “honey” como forma afetuosa de tratamento. Como quis demonstrar respeito acrescentou  “Mr.” antes daquilo que ela supunha ser o nome do patrão. “Honey”, além de significar “mel”, quer dizer nesse contexto “querido/a”, “amor”, “benzinho” etc.

Cf. Tem presente para você!

Se você gostou dessa história e quer ler outras semelhantes, conheça o livro “Aprenda inglês com humor – Micos que você não pode pagar”, de Ulisses Wehby de Carvalho, ©Tecla SAP, 2012. Leia a resenha.

Quem é que nunca deu bola fora ao falar inglês? Os relatos de situações constrangedoras vividas por quem ainda não possui domínio da língua inglesa têm o objetivo de divertir, ensinar e evitar que mais gente caia nas mesmas armadilhas. Se você conhece um caso parecido, envie sua contribuição para [email protected]. Nomes e e-mails não são divulgados.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

25 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Silvia
Silvia
9 anos atrás

Ok. Mas ela era realmente uma baby-sitter ou uma nanny?!
Lembrando que há uma diferença fundamental… e é importante saber, pra não pagar micos como o da moça! 🙂

Obrigada por deixar o meu Reader mais legal! 🙂

Aline
Aline
8 anos atrás
Reply to  Silvia

Ou uma au pair que também é “diferente”.

Flavia Ferreira
Flavia Ferreira
9 anos atrás

Oi!
Quero agradecer por postar essas notas q dão d+! Tenho aprendido muito e de forma super divertida.
Obrigada!!!

Marco
Marco
10 anos atrás

Bem eu passei por algo semelhante. Escutava sempre o pessoal de um escritorio onde eu fazer entregas chamar um advogado de la(US) de Bill, entao eu passei a chama-lo de MR.Bill( claro pensei que o estava respeitando), ate que alguém me disse que MR. Bill um personagem(acho que um encanador) de um desenho animado por lá. Assim que eu deveria chamar o advogado ou de Bill mesmo ou de William, or mr. com o surname que nem me lembro mais.

putz
putz
10 anos atrás

CHAMAVA
DE DR HOUSE
KKKKKKKKK
PRA MIM TODO AMERICANO É O DR HOUSE

fer
fer
10 anos atrás

cade o resto da história? ele riu? o que aconteceu?

ThunderEdy
10 anos atrás

Se fosse aki no Brasil o patrão já iria achar que ela queria “gratinar” o parmesão.

ThunderEdy, as gostosas do Facebbok e Orkut em um só lugar. Acesse agora!

Ariane
Ariane
10 anos atrás

Pior seria se ela tivesse dito apenas HONEY hahaha

Mayumi
10 anos atrás

Kkkkk, muito boa! Sou professora de japonês e digo que em japonês também não se costuma utilizar o primeiro nome da pessoa junto com um tratamento como “Mr” para se chamar uma pessoa formalmente! Normalmente, se usa o sobrenome!
Olha o que pode causar a suposição do significado de uma palavra desconhecida! Rsrsrs.

Rogerio
8 anos atrás
Reply to  Mayumi

tem e-mail para contato? dá aula de japonês particular?

Camila
Camila
10 anos atrás

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Very good!!!

Antonia Ataide
10 anos atrás

Eu adoro esse site. Sempre indico-o aos meus alunos… adorei essa!

Leandro
10 anos atrás

Situação realmente embaraçosa! Será que ela conseguiu se explicar antes de ser mandada embora? rsrsrs!

SILVIO LOPES
SILVIO LOPES
10 anos atrás

Na versão em português do filme “Bee Movie”, Barry (a abelha) diz à moça de como eles aprendem a falar na colméia: “… papai, mamãe, MEL,…”.
(não vi a legenda do filme, mas creio que é algo como “… dad, mom, honey,…”)

Fernanda
Fernanda
10 anos atrás

Adorei também, sempre que posso passo por aqui pra ver as dicas. Obrigada.

Giovana brites
Giovana brites
10 anos atrás

Caro Ulisses,

A muito não recebia suas notas na minha caixa de emails. fiquei super feliz do retorno da mesma 🙂
Tenho aprendido muito desde que um amigo me apresentou sua página.
Parabéns e continue nos ajundado sempre.
Um grande abraço,
Giovana

Giselle
10 anos atrás

Adooooooro esse blog e curti a piada.

Emilio Pacheco
Emilio Pacheco
10 anos atrás

Na verdade tem uma falha menor nesse “mico”, que é um erro típico de brasileiro (eu próprio já cometi muito): chamar alguém de “Mr.” seguido do primeiro nome. Mesmo que ele se chamasse “Honey”, não seria “Mr. Honey”.

@Gustavopereira
@Gustavopereira
10 anos atrás

Mô. HAHAHAHA