Pagando Mico: Comida

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Contribuição anônima

Os erros de pronúncia são de fato bastante comuns em sala de aula. Em alguns casos, o equívoco gera situações engraçadas e, às vezes, até mesmo um tanto embaraçosas. Uma ocasião, uma aluna minha se confundiu com a pronúncia de “FOOD”. Em vez de produzir um som equivalente ao “U” em português, ela achou que o ditongo “OO” tinha o mesmo som aberto do “O” em “pó”. Em suma, seus colegas de turma nem eu contivemos o riso.

salada em forma de rosto

MORAL DA HISTÓRIA: O som de “OO” em “FOOD” é semelhante ao “U” da língua portuguesa. Consulte um dicionário online para ouvir a pronúncia. Cf. OneLook: O Google dos dicionários

Cf. Textos Mastigados

Referência: “Aprenda inglês com humor – Micos que você não pode pagar”, de Ulisses Wehby de Carvalho, ©Tecla SAP, 2012. Leia a resenha.

Quem é que nunca deu uma bola fora ao falar inglês? Os relatos de situações constrangedoras vividas por quem ainda não possui domínio da língua inglesa têm o objetivo de divertir, ensinar e evitar que mais gente caia nas mesmas armadilhas. Se você conhece um caso parecido, envie sua contribuição para [email protected]. Nomes e e-mails não são divulgados.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

24 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Pri
Pri
8 anos atrás

Só mais umazinha…

esse somzinho de ‘oo’ e ‘u’ complicava todo mundo na minha sala de aula, principalmente por conta de um exercício que perguntava:

“Do you like seafood?”

Toooooda a vez que alguém lia isso em voz alta a turma rachava de rir. It was a done deal.

Pri
Pri
8 anos atrás

Um dos mais inesquecíveis aconteceu com uma colega de profissão. Primeiro dia de aula após as férias, ela resolve dar um refresh. O que vcs gostam de fazer nas horas livres? Eis que:

“I like to play sucker.”

Obviamente ele quis dizer soccer e a maioria dos students nem percebeu o deslize; mas a teacher teve que sair da sala na hora pra compartilhar com alguém.

Angela Barbosa
Angela Barbosa
13 anos atrás

Simone,

Did you misspell “head” or I didn’t understand what you said?
>>on the left had side of the page<<

By the way, I usually see Americans mixing “here” and “hear”, or “there” and “they’re”
.

Luiz
13 anos atrás

O mesmo problema acontece qdo um americano vem para o Brasil.
A diferença é que o americano paga muito mais MICOS…..

Luiz
13 anos atrás

Ser fluente em um idioma requer muito Listening, repetition.
e mais repetition!!!!!

Luiz
13 anos atrás

Concordo com vc.
As pessoas perdem muito tempo analisando os ERRO e não os ACERTOS.
Qdo vc acerta poucos elogiam, a maioria espera um deslizs se para falar mal….

Luiz
13 anos atrás

Although I agree with Fred, Brazilians do commit this mistake

Marcos Alexandre
Marcos Alexandre
13 anos atrás

E particularmente nunca fiz um curso de inglês, mas quero de coração fazer um.

Mas eu estudo e sempre busco saber mais sobre a linguá a ponto de até já entender algumas frases que são ditas em filmes, músicas e etc…

E ai quando eu falo algo em inglês todo mundo acha que eu falei errado, e isso acontece até mesmo com amigos meus que fazem curso.

Fora do curso o inglês some ninguém fala.

Pq isso ocorre?

Fernanda USA
Fernanda USA
13 anos atrás

KKKKK Sou estudante aqui na Pensilvania EUA, e na Universidade encontrei uma professora americana nota 1000, ela eh super carismatica, talvez por ter vivido , na infancia , em Sao Paulo e outro paises latinos. Bom eu apresentei a ela essa dificuldade q eu tinha em pronunciar “beach” ela como sempre foi super direta e clara e me ajudou. “Fernanda sorria qdo fores pronunciar a palavra “beach”. P mim funciona eu sempre lembro disso preciso da tal palavra. Em 2001, West Yellowstone estado de Montana eu trabalhava como Garconete estava no meu primeiro intercambio de trabalho aqui nos eua e qdo encontrei um grupo de 20 mormons q ja tinham morado no Brasil. Abri a boca o fala da minha ILHA DA MAGIA no Brasil- FLORIANOPOLIS-. Qdo usei a tal palavra “beach” com som de “bitch” dizendo q minha cidade no Brasil Floripa era uma ilha maravilhosa com mais de 40 “BITCHES” HAUHAUAHUAHAUH todos riram muito e eu depois q me dei conta ri tb, mina sorte eh q como ja tinham morado no Brasil eu estava em casa, me perdoaram kkkkkkkkkkkkkk

Marcio
Marcio
13 anos atrás

Palavars que confundem a pronúncias dos estudantes iniciantes são:

beach (praia) e bitch (Puta).

Simone
Simone
13 anos atrás

1. Someone working as a nanny in the U.S. once posted a comment on making the “terrible” mistake of saying that she was going to “put a child to sleep” and whoever heard her was horrified because that meant she was going to kill the child. While it’s true that when one talks about putting an animal to sleep one means euthanasia, parents also often say that they’re going to put their children to sleep. Like many other idioms in English, the meaning changes according to the context.

2. I’d like to point out that the word attitude on the categories list on the left had side of the page has been misspelled.

Fred
Fred
13 anos atrás

Hello, I’m a Portuguese student from Seattle (USA) and I read this blog often as a way to learn some Portuguese expressions. This is quite the opposite of the intention of the blog, I know, but hey, it works!

Anyway, this is the first time I post something here because I got to tell you that the double o sound in food has nothing to do with the Portuguese U. They are two completely different sounds. They sound COMPLETELY different to me.

helcio
helcio
13 anos atrás

olá, os mails voltaram a apresentar aquele probelma com os acentos.

Eurico
Eurico
13 anos atrás

Uma conhecida contou que estava com os filhos em um parque aquático nos Estados Unidos e que os americanos que estavam em volta dela olhavam assustados ao ouvi-la falando alto para os filhos a palavra em português correspondente a “seal”, sempre que esse animal aparecia. Amplexo.