Perfil: Michael Jacobs

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Michael A. Jacobs nasceu em Londres e veio para o Brasil em 1967 aos vinte e dois anos. Engenheiro, atuou em várias multinacionais até 1989 quando começou a lecionar inglês e fazer traduções para a língua inglesa.O próprio Michael irá explicar sua trajetória como escritor, mas não podemos deixar de mencionar que ele foi pioneiro no uso de português para ajudar o aluno brasileiro a melhorar seu inglês (depois de taaaantas pessoas dizerem que esta idéia jamais daria certo!).

“Publiquei “Como não aprender inglês” em 1999, aquele com as torres gêmeas do WTC e o Cristo Redentor na capa. Em 2001, saiu o Volume Dois do mesmo título, com o avião subindo por cima das mesmas torres, Big Ben, minha foto, etc. Estes dois livros foram publicações independentes.

Aí veio 11 de setembro. Além dos estragos e destruição provocados por Osama bin Laden e seus comparsas, ele também cometeu a proeza de acabar com as duas capas.

Em 2002 a Editora Campus/Elsevier adquiriu os direitos dos dois livros e publicou a “Como não aprender inglês – Edição Definitiva”, com o melhor dos dois volumes anteriores. Assim, os primeiros dois volumes saíram de catálogo, mas juntos já venderam mais de 150 mil cópias até agora. Em 2003, a Disal Editora lançou “Tirando dúvidas de inglês” e a Campus, “Como melhorar ainda mais seu inglês”.

Os livros estão à venda nas melhores livrarias e também aqui no blog (basta clicar nos links acima). São ótimos para alunos, professores, jovens, velhos, estudantes, não estudantes, homens, mulheres, crianças, adolescentes, todas as raças e até marcianos (desde que estejam interessados em melhorar seu inglês). São também ótimos presentes de natal, de aniversário, de calços para mesas desequilibradas ou apenas para agradar alguém. E se você achar que são caros, quero informar duas coisas: Primeiro: não sou eu que estabeleço o preço e, segundo, o custo de aulas de inglês por aí varia de uns poucos reais a hora até em torno de R$100,00! É só comparar isso com um comentário que recebi de um leitor grato.

“Aprendi mais com seu livro do que aprendi em trinta aulas”

Como se vê, um ótimo custo/benefício. (E ele estava se referindo apenas a um dos livros). E se não encontrá-los nas livrarias sugiro que faça um escândalo (Make a scene)!”

O Michael continua escrevendo artigos (Cf. “Barbecue in Abundance“) e livros recheados de dicas, sugestões e seções especiais chamadas Atitudes, que ajudam o aluno a assumir uma postura positiva perante os desafios de aprender uma nova língua. Em tudo que escreve sempre há exemplos bem humorados e fáceis de ler (sua marca registrada) e que mostram exatamente onde e, ainda mais importante, por que os brasileiros cometem os erros com a língua inglesa. Ele tem quatro filhos brasileiros e mora em São Paulo.