Posição dos advérbios

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Posição dos advérbios

A: Which country do you like best?Posição dos advérbios
B: I like very much Italy Italy very much.
A: How often do you go there?
B: We go usuallyusually go once a year, in the summer.
A: Are you going this year?
B: Yes, but we are going this year laterlater this year. In October.


Categorias de advérbio

  • Existem diferentes tipos de advérbio. Dois já foram apresentados na unit 39.
    • Advérbios de tempo respondem à pergunta “quando?”: Dave phoned yesterday.
    • Advérbios de freqüência (always etc.) respondem à pergunta “quantas vezes?”: It’s never cold.
    • Advérbios de modo (muitas vezes terminados em ly: veja unit 39) respondem à pergunta “como?”: I slept badly.
    • Advérbios de lugar respondem à pergunta “(de/para) onde?”: London is north of here.
    • Advérbios de intensidade (very etc.: veja unit 39) respondem à pergunta “quanto, quantos, quanta, quantas?”: He’s very old.
    • Advérbios de frase referem-se ao enunciado todo: Perhaps the weather will improve.

Cf. Qual é a diferença entre “HARD” e “HARDLY”?

Posição dos advérbios

  • Existem três posições possíveis para um advérbio: no início da oração, no fim da oração ou no meio da oração. No meio da oração é:
    • antes do verbo principal: Don never smokes.
    • após um (o primeiro) verbo auxiliar: We have just eaten supper.
    • após o verbo principal ou o auxiliar be: Angela is always late. She is just coming.
  • O advérbio normalmente não pode ficar entre verbo e objeto.
  • Advérbios de tempo curtos (ever, just, now, soon, still e already) ficam na maioria das vezes no meio da oração. Outros advérbios de tempo (today, yesterday, tomorrow, indicações com ago, horários, períodos do dia etc.) ficam no fim da frase.
    • I‘m still tired. I worked all last night.
    • Ed has just phoned. He‘ll arrive tomorrow.
  • Advérbios de freqüência (always, usually, often, sometimes, rarely, never) ficam na maioria das vezes no meio da oração. Expressões com every ficam no fim da oração.
    • It‘s always dark. We never have enough light.
    • I meet Tony every day.
  • Advérbios de modo ficam na maioria das vezes no fim da oração.
    • He planned the crime carefully.
    • I buy my vegetables at the market.
  • Quando ocorrem vários advérbios no fim da oração, vale a seqüência: 1. modo, 2. lugar, 3. tempo.
    • Don gets [modo:] slowly [lugar:] out of bed [tempo:] at six o’clock.
  • Advérbios de intensidade ficam na maioria das vezes antes da palavra de referência, mas após o verbo (e o objeto).
    • It’s very cold here.
    • I like Berlin a lot.
  • Advérbios de frase ficam no início, no fim ou no meio da oração.
    • Perhaps Dave will come. / Dave will perhaps come. / Dave will come perhaps.
  • probably e certainly ficam antes do verbo auxiliar negado:
    • I probably / certainly won’t come.

Cf. Guia Tecla SAP: Armadilhas de Tradução
Cf. Aprenda inglês com humor
Cf. Textos Mastigados

RESUMO

  • Meio da frase: antes do verbo principal, após o verbo auxiliar, após be; nenhum advérbio entre verbo e objeto!
  • Seqüência adverbial no fim da frase: modo – lugar – tempo

Cf. Gramática: Advérbios

Referência: “Grammar – No problem” – Christine House e John Stevens, Disal Editora, 2005. Leia a resenha.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

7 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Danielle
Danielle
9 anos atrás

Estou totalmente de acordo com a Juliana. Parabéns pelo excelente trabalho. Eu posso dizer que quase todos os dias estou no seu site e ele é muito útil para meus trabalhos de tradução.

Juliana
Juliana
10 anos atrás

Parabens pelo blog, sempre uso.
Esse post vai me salvar no TCC.

Parabens pelos ótimos trabalhos, me inspiro em você.

Amauri Murai
Amauri Murai
11 anos atrás

Realmente, desde que comecei a visitar o blog com mais frequência, vi que há bastante conteúdo!

Sempre que estou “de bobeira”, entre um trabalho e outro, passo aqui e vejo alguns posts. Afinal, “não há cultura inútil”. Pelo menos não para nós, tradutores/intérpretes!

Ah, e aproveito para especificar qual Amauri eu sou, pois vi que um xará meu respondeu a outro tópico (O que significa “ON A WING AND A PRAYER?”)! 🙂

Eu respondi somente a este post e ao “Fuck”! 🙂

Abraços!

Amauri
Amauri
11 anos atrás

Bela dica, Ulisses!

Creio que muita gente, em especial quem não é tradutor mesmo, enfrenta (ou enfrentava, pois agora não há desculpa, hahah) problemas com isso, principalmente ao verter textos para o inglês.

Aproveito para confessar que, no passado, achava que esse era somente mais um site que trazia dicas básicas de inglês; contudo, após assistir à sua palestra na 6ª Jornada de Tradução, na PUC, e saber que ele pertencia a um tradutor e intérprete, visitei o blog novamente e percebi que há várias dicas interessantes sobre termos bem “tricky”, que você não encontra em qualquer lugar.

Parabéns pelo ótimo trabalho! 🙂

Abraços!