REDUNDANT: qual é o significado e a tradução de “REDUNDANT”?

Tempo de leitura: 1 minuto

Isa Mara Lando

REDUNDANT

REDUNDANT (adjetivo); REDUNDANCY (substantivo)

redundant

Nem sempre redundant é “redundante”!

(U.K.) ser despedido; demissão (por corte de pessoal, eliminação de cargos)

  • When the factory closed, he was made redundant.
  • Quando a fábrica fechou, ele foi despedido. (NÃO tornou-se redundante…!)
  • More redundancies on the horizon.
  • Mais demissões à vista.

Cf. 10 dicas para o currículo em inglês

Cf. Férias coletivas: como dizer “férias coletivas” em inglês?

Cf. Por que é tão difícil aceitar “Depende.” como resposta?

Speak up! We’re listening…

Nós do Tecla SAP gostaríamos de saber se as informações deste post foram úteis para você ampliar seu vocabulário de inglês. Por favor, escreva um comentário para a gente no rodapé desta página. Muito obrigado pelo interesse e pela participação!

Pela educação

Clique nos ícones das redes sociais para divulgar conteúdo educacional. Só ficar reclamando da educação não adianta muita coisa, você não acha? Faça sua parte! Participe! Agradecemos sua colaboração.

Dicas por e-mail

Vai continuar perdendo oportunidades por não ser fluente em inglês? Até quando? Cadastre-se para receber as dicas do Tecla SAP por e-mail. Você vai passar a receber uma seleção dos melhores textos de um total de mais de 4.500 posts! É tudo grátis e você não leva nem 30 segundos para se cadastrar! Clique no botão abaixo, digite nome e e-mail e mais nada! Você ainda ganha o e-book Aprenda inglês com humor – Micos que você não pode pagar! O que você está esperando?

Quero receber as dicas de inglês e o E-BOOK de presente!

Google+, YouTube e Twitter

Adicione este perfil no Google+ para receber conteúdo exclusivo. Inscreva-se no canal do Tecla SAP no YouTube. Se preferir receber as dicas de inglês via Twitter / Periscope, siga @teclasap. A gente se fala nas redes sociais.

Referência

Mini VocabuLando – 500 palavras úteis para leitura e tradução em inglês, de Isa Mara Lando – Disal Editora, 2009. Leia a resenha.