Pagando mico: Fotomática

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Ulisses Wehby de Carvalho

Sempre que precisei tirar fotos 3X4 aqui no Brasil, procurava por uma “Fotomática”, esse quiosque que encontramos por toda parte. Você chega e a mocinha faz tudo: ajusta a altura do banco, ajeita o colarinho da camisa, dá uns pitacos sobre o cabelo etc. Você se senta, capricha na pose e aguarda em pânico pela flashada (a flechada do flash) nos olhos. Depois, ainda meio cego, você fica esperando ansioso pelo resultado enquanto a tira sai da máquina e fica secando um pouco. A atendente corta as três fotos com maestria e as coloca num saquinho para você. Além de pagar, seu único esforço é o de não fechar os olhos.

Logo que cheguei ao Canadá em 1995, precisei de fotos 3×4. Não haveria nenhum problema porque eu já tinha visto uma dessas máquinas na estação de metrô perto de casa. Ao chegar, me deparei com o aparelho ligado, mas a mocinha não estava lá. Achei que ela tinha saído para tomar um café ou ir ao banheiro e resolvi esperar. Para matar tempo, fiquei observando o que estava à minha volta, a arquitetura, as pessoas sempre apressadas etc. De repente, avisto o cartaz na própria Fotomática dizendo que as fichas estavam à venda na banca de jornais ao lado. Pensei comigo: “Hum, ficha?” E concluí: “Ah, aqui é tudo self-service, como no posto de gasolina!” Sempre avesso a manuais, me dirigi à banca, comprei a fichinha e voltei à máquina sem dar muita bola para o resto das instruções. Ajeitei o banco, o colarinho e o que me restava do cabelo. Fiz cara de bom moço, apertei o botão e me esforcei para não fechar os olhos. A flashada certeira não demorou a chegar… uma, duas, três, quatro vezes! Não estava entendendo mais nada! A tira que saiu da máquina foi esta:

fotomatica3.jpg

Foi nessa hora que a minha ficha desistiu de desafiar a lei da gravidade. Descobri que, em terras canadenses, o costume é o de tirar quatro fotos diferentes – quatro poses – e não três cópias idênticas da mesma foto, como no Brasil. Voltei à banca para comprar outra ficha…

Cf. Textos Mastigados
Cf. Como dizer “cair a ficha” em inglês?
Cf. Micos em inglês: Meu hamster fala inglês!

Se você gostou dessa história e quer ler outras semelhantes, conheça o livro “Aprenda inglês com humor – Micos que você não pode pagar”, de Ulisses Wehby de Carvalho, ©Tecla SAP, 2012. Leia a resenha.

Quem é que nunca deu bola fora ao falar inglês? Os relatos de situações constrangedoras vividas por quem ainda não possui domínio da língua inglesa têm o objetivo de divertir, ensinar e evitar que mais gente caia nas mesmas armadilhas. Se você conhece um caso parecido, envie sua contribuição para [email protected]. Nomes e e-mails não são divulgados.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

17 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Sayuri
7 anos atrás

Já paguei esse mesmo mico quando morei no Japão… Nas outras duas fotos (lá são 3) eu sai com cara de “assustada” pelo flash kkkkkkkkkkkkkkkkk..
PS: É impressão minha ou a segunda foto é um pouco “inusitada”??? Kkkkkkkkkkkkkkk…

Helen Fernanda
7 anos atrás

Legal! Você pode tirar uma foto séria para documentos, outra sorrindo para pessoas amadas colocarem na carteira, outra com pose “poser” para o Facebook, outra fazendo careta para sacanear alguém. kkk

Tássio
Tássio
8 anos atrás

kkkkk Sempre aprendendo!
Recebi ontem o livros “Aprenda Inglês com Humor”, não vejo a hora de começar a ler!
Parabéns pelo site!

Jordana Lima
Jordana Lima
10 anos atrás

Nossa que legal!

Humberto
Humberto
10 anos atrás

Legal essa sua postagem. Muito obrigado. Quando for minha vez já não cometerei a mesma gafe.
Abraço.

Rodrigo
Rodrigo
11 anos atrás

Desenterrando o post.Chorei agora!!! Trabalhei na fotomática do início de 92 ao final de 96. Existiam alguns tipos de máquinas. Algumas tinham somente um flash e saiam 3 fotos iguais e algumas tinham vários flashs e várias fotos diferentes. Parabés pelo site.

Michael
Michael
11 anos atrás

Todos já vimos isso em filmes americanos: um casal apaixonado ou um grupo de amigos entra numa dessas cabines e tira várias fotos em poses diferentes, geralmente fazendo caretas. É praticamente um clichê.

A gente nem repara que várias fotos diferentes são tiradas. Eu pelo menos nunca reparei até ler esse post e cair a ficha… 🙂

Adonai
Adonai
11 anos atrás

Isso aconteceu comigo aqui mesmo no Brasil, na década de 90. Até hoje tenho a foto, recolocando os óculos tirados para a foto pro passaporte. A primeira ficou normal. A segunda, ótima 😉 Vou botar no Facebook.

Julia
11 anos atrás
Reply to  Adonai

Adonai,

Não sabia que as Fotomáticas no Brasil têm agora 3 poses também. Live and learn! Volte sempre!

Abraços a todos

Artur Macedo
Artur Macedo
11 anos atrás

Eu ri… KKKKKKKKKKKKKKKK

Tiago
Tiago
12 anos atrás

Perfeito! Se não tivesse a explicação na última linha eu estaria sem entender nada até agora… Obrigado por compartilhar micos assim! Agora eu entendo porque, em vários filmes, as pessoas sempre faziam várias poses nessas máquinas de fotos.

Uma pergunta: nos EUA isso também é comum?

Laíse Cabral
Laíse Cabral
13 anos atrás

Micos como esse são muitos comuns, principalmente em terra estranha…Mas você é muito corajoso de expor seu mico aqui! Parabéns pela coragem e pelo blog ! Interesting and very funny !

Rui de Oliveira
Rui de Oliveira
13 anos atrás

Essa foi boa mesmo!!! Legal

Bruna
Bruna
13 anos atrás

Muito Bom!!