Resenhas de Livros: BREAK THE BRANCH? – QUEBRAR O GALHO (2)

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

BREAK THE BRANCH? – QUEBRAR O GALHO
Jack Scholes
Disal Editora, 2008
152 pages

Há muitos anos engajado na missão de ajudar a internacionalizar o português como língua estrangeira, acompanho com interesse o que se publica entre nós. Imensa foi a alegria deste resenhador ao receber o inspirado(r) livro de um inglês com coração de brasileiro: Jack Scholes. Com relevantes serviços prestados ao ensino de inglês, o autor tem-se revelado como pesquisador lexicográfico e editor desta revista. Este bem planejado e gostosamente redigido manual contém uma Introdução em que, após um pitoresco relato autobiográfico, Jack oferece sua contribuição para usuários não-nativos de português desejosos de aprenderem a comunicar-se com eficácia e descontração. Ao resenhar uma publicação como esta, costumo destacar aspectos positivos e questionáveis. A primeira lista teria vários itens, dos quais selecionarei quatro. A segunda, apenas dois. Traços admiráveis encontrados:

  1. break_the_branchFoco na fraseologia atual, devidamente contextualizada.
  2. Explicação clara, em inglês, do significado de cada item lexical, enriquecida com bem traduzida equivalência, in English. Cf. “bater na mesma tecla”, p.23.
  3. Comentários culturais (Cf. “jeitinho/jeitinho brasileiro”, p.63 e “saudade”, p.113) e interculturais (Cf. “Para inglês ver”, p.95-96).
  4. Menção a outras expressões alternativas informais. Cf. p.25, p.87, p.115, p.121 e muito informais (Cf. p.30, p.128, p.129).

De que senti falta? De mais exemplificação do que chamo fraseologia amistosa: “Abraço”, “Tudo de bom” e fraseologia cristã (exemplos: “Fé em Deus e pé na tabua”, “Minha Nossa Senhora!”. O autor menciona “Se Deus quiser”, p.92).

Em suma, mais poderia dizer dos benefícios linguísticos e (inter)culturais que este precioso livro oferece para quem está aprendendo o português do Brasil. Aplaudo o esforço de Jack e o apoio da Disal Editora. Que outros títulos apareçam nesta área importante da educação em uma segunda língua: orientação fraseológica reveladora da imaginação e do imaginário de quem usa o português como língua materna.

Compre na Disal.

Autor das resenhas
Francisco Gomes de Matos, Professor Emérito, UFPE-Recife. Ex-professor de Português para Estrangeiros. Co-autor de livros na área de PLE. Presidente do Conselho Deliberativo, Associação Brasil América, Recife.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments