Simultânea ou Consecutiva?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Ulisses Wehby de Carvalho

Recebi durante toda esta semana vários e-mails sobre minha participação no programa da Eliana no domingo passado. A maioria elogiando o trabalho e a minha postura profissional. Agradeço a todos a gentileza. Para quem não leu o post da semana passada, fui contratado pela Rede Record para ser o intérprete do “Mágico Mascarado” (o Mister M) nas gravações do “Tudo é Possível” durante o mês de outubro.

Algumas mensagens que recebi eram verdadeiras broncas por não ter avisado com antecedência. Por esse motivo, escrevo este post para avisar amigos e leitores do blog que o segundo programa (de uma série de quatro) irá ao ar neste domingo, dia 14/10/07.

Aproveito a oportunidade para também esclarecer a diferença entre interpretação simultânea e consecutiva. Algumas pessoas me questionaram por que eu não falava em inglês ao microfone. O motivo é muito simples: o público telespectador não precisa ouvir a versão para o inglês porque, afinal de contas, quem não fala português não vai assistir ao programa, certo? Além disso, o risco de alguém mudar de canal na hora em que eu estivesse falando em inglês é altíssimo. Para contornar o problema, sugeri à direção do programa o uso de duas modalidades de interpretação. Fiz a simultânea de cochicho para o inglês, ou seja, traduzia ao pé do ouvido do mágico tudo o que era dito em português no estúdio, como na primeira foto acima. Na tradução para o português, optei pela consecutiva, em outras palavras, ouvia o que o Mágico Mascarado dizia em inglês – o som da voz dele vai ao ar para inclusive dar maior credibilidade – e depois traduzia ao microfone para telespectadores, platéia e toda a produção do programa, como na foto abaixo.

Se você tiver interesse em conhecer outras modalidades de interpretação, clique aqui. Para obter outras informações sobre a profissão, consulte o site da APIC – Associação Profissional de Intérpretes de Conferência.

Cf. Tradução Simultânea de Cochicho
Cf. Tradução Simultânea

Abraços a todos