Troca a placa! Porta de correr

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Ulisses Wehby de Carvalho

Se traduzir fosse uma mera substituição de palavras, o Google Tradutor já teria dado aos tradutores profissionais o mesmo destino que a calculadora deu ao ábaco! Cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém, principalmente na hora de traduzir! 😉 Já falei do assunto em “Tradutor Online: Dá para confiar?” e “Google Translator e a Copa“. Vale a pena dar uma lida nos dois textos para não sair por aí fazendo bobagem como a da foto abaixo. Se o arquivo não abrir, clique em https://www.teclasap.com.br/2011/10/30/troca-a-placa-porta-de-correr/ para ver a foto no blog.

Quem envia a imagem de hoje é Patricia Feuer. A foto foi tirada no Rio de Janeiro. Como podemos observar, a “escorregada” está na entrada de um cabeleireiro. Para quem não sabe, “porta de correr” em inglês é “SLIDING DOOR”. Literalmente, a porta de “escorregar”. Sacou? 😉

Ao clicar na tag “Troca a placa!” você vê todas as fotos publicadas. Se gostou, divulgue a campanha para os amigos nas redes sociais. Obrigado!

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Isabely
Isabely
10 anos atrás

Nossa, eu sou estudante de tradução e meu professor sempre disse q sempre havera trabalho para os tradutores agora entendo kkkk muito bom!!!!

Vicene Matheus
Vicene Matheus
10 anos atrás

Ulisses e André,
Penso que o correto seria porta deslizante, acho que assim fica mais fácil de entender. O que importa realmente é entender o contexto. Literalmente… fica difícil.

Vicente Matheus
Vicente Matheus
10 anos atrás
Reply to  Vicene Matheus

Peço desculpas pois meu nome saiu grafado incorretamente. Nome correto é Vicente Matheus.

Andre Souza
Andre Souza
10 anos atrás

Ulisses,

Literalmente ficaria “porta ‘de escorregar'” ou “porta que escorrega”? Pergunto pq, por exemplo, o título do seriado “The Walking Dead”, acredito que a tradução literal mais adequada seria “Mortos que andam” e não “Mortos de andar” – mesmo porque no seriado ninguém monta nos zumbis pra dar uma voltinha 🙂