Brasileira paga mico em restaurante nos EUA

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Contribuição anônima

Brasileira paga mico em restaurante nos EUA

Esse episódio aconteceu no primeiro ano em que morei nos Estados Unidos. A data era 4 de julho de 1994, dia em que o Brasil enfrentaria a seleção americana, em partida pelas oitavas-de-final da Copa do Mundo. Como sabemos, comemora-se a Independência dos EUA no dia 04 de julho. Pelo fato de o país estar em festa, com fogos de artifício pipocando a todo instante, até cheguei a pensar que o jogo era o motivo de tanta alegria. Essa pode até ser considerada a minha primeira bola fora porque, como se sabe, os americanos preferem outros esportes.

dressingNa hora do almoço, fui sozinha a um restaurante tipicamente americano. Eu estava vestida de verde e amarelo, como uma autêntica torcedora da seleção canarinho. Quando a simpática garçonete me trouxe a salada e me fez a seguinte pergunta: “What kind of dressing would you like?”,  eu só entendi a palavra “dressing”. A frase ficou sem sentido para mim. A moça repetiu a pergunta e eu disparei: “What’s wrong with my dress? I’m happy… for Brazil”. [O que tem de errado com o meu vestido? Estou feliz… pelo Brasil.]

É claro que ela não entendeu nada e acabou me trazendo a salada com um molho qualquer, que eu nem me lembro qual foi. Naquela época, eu nem mesmo conhecia os tipos de molho mais comuns. Comi o que ela me trouxe e me dei por satisfeita. Só muito tempo depois, descobri que ela não estava implicando com a minha roupa.

Cf. Babá brasileira paga mico em Nova York
Cf. Pagando Mico: Molho

MORAL DA HISTÓRIA: Você já deve ter percebido que a confusão foi causada para palavra “DRESSING”, que significa “molho” e, é claro, não tem nada a ver com “DRESS” (vestido). Ela costuma também aparecer na expressão “SALAD DRESSING”.

Cf. Textos Mastigados

Referência: “Aprenda inglês com humor – Micos que você não pode pagar”, de Ulisses Wehby de Carvalho, ©Tecla SAP, 2012. Leia a resenha.

Quem nunca deu uma bola fora ao falar inglês? Os relatos de situações constrangedoras vividas por quem ainda não possui domínio da língua inglesa têm o objetivo de divertir, ensinar e evitar que mais gente caia nas mesmas armadilhas. Se conhecer um caso parecido, envie mensagem para [email protected]. Nomes e e-mails não são divulgados nesta seção.