Como arrumar tempo para estudar inglês?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Michael Jacobs

Arrumar tempo para estudar inglês

A hundred and sixty-eight hours (168 horas)

Pois é: 168 horas. Até parece nome de filme. Pois é tudo de que dispomos na nossa semana. Pelo menos eu tenho essa quantidade de horas na minha. E você? É só multiplicar os sete dias da semana pelas 24 horas de cada dia e você verá que não estou tão ruim assim de matemática.

Viu? Checou? É isso aí? Claro que é, ou você acha que eu me arriscaria a fazer esses cálculos todos – tão difíceis! – se já não soubesse do resultado?

arrumar_tempoE por que estou mexendo assim com os meus neurônios (e com os seus também)? Bem, acontece que alguns dos meus alunos não andam fazendo suas lições de casa ou, ainda, estão sentindo que o seu inglês (o deles) não progride tanto quanto gostariam que progredisse. Normalmente, as duas coisas juntas. E muitas vezes qual é a desculpa? A famosa falta de tempo. Claro. Ultimamente, ando fazendo um exercício em sala de aula, e também nas palestras que dou, em que mostro ao vivo e em cores o que acontece numa semana de sete dias.

Começo perguntando quanto tempo eles gastam em média fazendo as seguintes coisas (os alunos é que me fornecem os números; lembre-se de que são horas por semana, e que esta é uma amostragem-padrão, afinal, o número de horas gasto varia de aluno para aluno):

Horas semanais – Atividades típicas

49h – Dormir
14h – Comer (incluindo preparar a comida, lavas as louças etc.)
21h – Estar com a família
4h – Ir à igreja ou rezar
3h – Ler por prazer (pouco, é lastimável!)
10h – Visitar e receber a visita de amigos
12h – Commuting (commuting é a palavra que usamos para descrever a locomoção para o trabalho, ida e volta. Chique, né?)
8h – Fazer compras
7h – Ir aos shoppings (fazer compras não é necessariamente a mesma coisa de ir ao shopping).
____________________________
128h – Subtotal

Cf. O que significa “OUTLET”?
Cf. Como se diz “shopping” em inglês?

Claro que há milhares de outras atividades, que variam de pessoa a pessoa. Os resultados acima são apenas uma amostra do que eu colhi em sala de aula e não incluem:

  • estudar inglêsAssistir à televisão em geral
  • Assistir a novelas
  • Acessar a internet
  • Ir ao banco
  • Praticar esportes
  • Etc. (adoro usar “etc.”, assim não preciso pensar)

De qualquer maneira, as atividades que listei como típicas já somam 128 horas. Subtraindo-se das 168 horas originais, temos… temos… 40 horas. Estas horas restantes são seu tempo livre. Aquilo que sobra para você estudar inglês. Mas, espere aí! Não incluímos ainda o tempo que você trabalha de fato, ou que estuda, caso ainda seja estudante.

Para a maioria dos mortais, trabalhar ou estudar pode significar… 40 horas semanais, ou até muito mais, é claro. Então parece que chegamos às 168 horas… então, como é que fica? Bem, nas palavras sábias de seu professor de inglês: it’s up to you, my friend!

A mensagem simples contida nestas palavras é esta: cada um faz o que acha melhor com o seu tempo (em vez de tempo, pode-se ler “vida”; é basicamente a mesma coisa).

Aí então entra a máxima make time. Como as leis da física não facilitam a tarefa de criar mais tempo, torna-se necessário rearranjar as prioridades. Mas, claro: só se você quiser aprender inglês. Se não quiser, pode continuar fazendo as mesmas coisas de sempre. Ficará contente, e com certeza será mais fácil. Só não ajudará no seu aprendizado de inglês.

O nome do jogo é sacrifício. O que você vai sacrificar para progredir no inglês? É uma pergunta para o aluno que vem com a desculpa de que não teve tempo para a sua lição de casa (e lembre que é sua lição, não a minha; não é do professor, é sua).

to_do_list

Making time significa mudar as prioridades, e é o que sempre replico quando ouço a mesmíssima desculpa. Não, não é que você não teve tempo, você não teve prioridades.

Aliás, na verdade, teve. Mas não foi para o inglês.

Cf. Os 10 erros mais comuns de quem estuda inglês
Cf10 dicas infalíveis para quem quer aprender inglês
Cf. Aprender inglês com dicas é possível?
Cf. 10 motivos para você aprender inglês no Facebook

Referência: “Como melhorar ainda mais o seu inglês” de Michael Jacobs – Editora Campus/Elsevier, 2003. Leia a resenha.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

38 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Juçara Duarte
Juçara Duarte
8 anos atrás

O Professor Michael Jacobs foi muito feliz em suas argumentações sobre o que é tempo e o que é prioridade. Perfeito!
Reforçando o nosso caríssimo Prof. Jacobs: It’s up to me and to you, so let’s do it.
We just need to choose between “time and priority” and make what we call “sacrifice” in a “moment of pleasure.”
Thanks for the great tips.

Kátia Bizan
Kátia Bizan
10 anos atrás

Oi Ulisses!

Concordo com o seu texto e fico preocupada, pois amo idiomas, principalmente inglês e decidi seguir esse caminho de aprender para ensinar o idioma, mas com 40 anos preciso me apressar e com meus três filhos pequenos, casa e trabalho vou ter que fazer malabarismos para conseguir dar conta de tudo… Como eu quero, vou ter que dar prioridade não é? Deus ajuda!!

Obrigada.

ccaabertioga (CCAA Bertioga)
Malcoln
Malcoln
10 anos atrás

Sou iniciante, mas creio que a partir de agora não terei mais desculpas para não ter tempo. Afinal “tempo é dinheiro”, adorei o site está contribuindo de maneira significativa em minha vida, parabéns a todos.

Pedro
10 anos atrás

Ulisses, tudo bom?

Um jeito que eu encontrei para “fazer tempo” para aprender inglês foi escutando materiais em mp3.

É algo que dá para fazer facilmente durante o “Commuting” e até durante as compras.

Isso contribuiria bastante para o aprendizado, principalmente do “listening”.

Eu usava, de preferência, algo pouco acima do meu nível. Assim eu conseguia entender a maior parte do que estava sendo dito.

Mas, o ponto principal, como você mencionou, é estabelecer quais são as principais prioridades e começar a agir de acordo com elas.

Abraço.

Alessandra
Alessandra
11 anos atrás

Acho que nao precisava esse texto todo para simplesmente dizer que nao existe uma dica para arrumar o tal tempo. O que foi dito aqui é de conhecimento publico.

Marques
Marques
11 anos atrás

Just do it!

Alexandre
Alexandre
11 anos atrás

De grande valia esse texto, estarei replicando o mesmo para diversos colegas. O mesmo não serve apenas para o aprendizado de um idioma, e sim para qualquer tipo de estudo, assim como citado acima, muita gente se enriquece de informações de novelas, reality show, porém no que é mais necessário deixamos para a última hora.

De mais sites assim que precisamos na internet, Parabéns a todos que colaboram com o mesmo!

Moisés
Moisés
11 anos atrás

É… realmente tenho que me esforçar um pouco mais em Inglês. Hoje a exigência não é ser bom, mas sim ótimo!
Hey, I wish you a happy happy year!

Rodrigo Lennon Cavalcante
Rodrigo Lennon Cavalcante
11 anos atrás

o mercado valoriza bastante o seu conhecimento em novelas das 8 !!!
Talvez o “sono polifasico” ajude as pessoas com pouco tempo! 🙂 rs

cleiton
cleiton
12 anos atrás

Caro professor parece que o senhor escreveu este texto pra mim rsrs pois me vejo nessa dificuldade de tempo, pois trabalho quase 10h por dia e estudo a noite faço ingles no sabado, e as vezes dou prioridade aos exercicios da Lingua so no final de sexta-feira, sei que se me esforçar conseguirei, agradeço o texto. como o sr º disse:” nada vem sem sacrificio” abraço.

lcj123
12 anos atrás

tomara que meu tempo esteja disponível para estar sempre com voces.__

Sonia
Sonia
12 anos atrás

adorei esse site, sou professora de inglês e me impressionei com essas dicas do inglês e como aprimorar o meu conhecimento na língua estrangeira.
Um grande abraço professor Ulisses.
Sônia.

michelle
12 anos atrás

Estou visitando esta página hoje e amei tudooo.
não entro na net mais sem acessar aqui.
belas dicas, voltei fazer aulas…e vou me dedicar muitoooo

tks!!!

Carlos
Carlos
12 anos atrás

Ótima a frase ” não é que você não teve tempo, você não teve prioridades”. Perfeita pra sintetizar a realidade das pessoas que se dizem “ocupadas”. Só falou uma coisa: como fica essa frase em inglês?

Grande abraço

Jéssica Macedo
Jéssica Macedo
12 anos atrás

Adorei, sou um aluna e me identifiquei com o q foi relatado, me fez parar para pensar em priorizar as prioridades. Thanks

Amarildo
Amarildo
12 anos atrás

Muito bom esse texto, realmente faz a gente perceber que falta de tempo é apenas uma mera desculpa e que devemos mudar isso se queremos aprender inglês.

Mel
Mel
12 anos atrás

I totally agree with what was said!! You put in words what I think. Thanks for sharing your view with us.

Ivan Cortez
12 anos atrás

Uma das formas para unir o útil ao agradável que recomendo aos meus alunos: Assistir filmes em DVD com legendas e som original…