Chique? Ser chique é falar dois idiomas, mas um de cada vez!

Tempo de leitura: 3 minutos

 Chique by Ulisses Wehby de Carvalho

Chique?

chique

Ser chique é falar dois idiomas, mas um de cada vez!

Tem gente que acredita que misturar palavras em inglês quando está falando português é chique. Se usado em excesso, esse costume é passível de censura porque o uso desnecessário de estrangeirismos pode prejudicar a compreensão do texto. Além disso, mesmo que não seja a intenção de quem fala, essa prática pode transmitir um toque de pedantismo e afetação. Por esses motivos, procure evitá-la.

Por outro lado, sei que não é fácil seguir essa orientação no caso de algumas palavras da língua inglesa cuja tradução é problemática, como empowerment breakthrough, entre várias outras. Para contornar o problema, consulte as excelentes sugestões do livro VocabuLando, de Isa Mara Lando, lançado pela Disal Editora. Basta clicar nas palavras acima para falar e escrever sua língua materna com elegância. Se você perceber que encontra dificuldades para usar determinada palavra ou expressão da língua inglesa na hora que estiver falando português, procure algumas alternativas de tradução e passe a falar português com mais cuidado, principalmente naquelas ocasiões em que o uso da norma culta é recomendado.

E não se esqueça de que só é chique falar dois idiomas se for um de cada vez! 😉


Tecla SAP com Ulisses Carvalho

Assista aos vídeos do canal Tecla SAP com Ulisses Carvalho no YouTube! Dicas de vocabulário, pronúncia, phrasal verbs, Business English, gírias, expressões idiomáticas, como aprender inglês com música, falsos cognatos, como melhorar o listening, erros comuns e como evitá-los, estratégias de aprendizado e muito mais!

Clique aqui e confirme para se inscrever gratuitamente no canal Tecla SAP com Ulisses Carvalho no YouTube. Enriqueça seu vocabulário de inglês, aperfeiçoe sua pronúncia e amplie seus conhecimentos gerais. Bons estudos!


Cf. Gloria Kalil, o Código Penal e o “Grammar Nazi”

Cf. Exagero no uso de expressões em inglês

Cf. 10 dicas infalíveis para aprender inglês

Speak up! We’re listening…

O que você achou das dicas sobre se é chique ou não usar palavras em inglês quando estamos falando português? Você acha chique misturar os dois idiomas? Nós do Tecla SAP gostaríamos de conhecer a sua opinião sobre o assunto. Por favor, envie seu comentário, no rodapé da página. Muito obrigado pelo interesse e pela participação.

Pela educação…

Sabe o que também é chique de verdade? Compartilhar conteúdo educacional. Pois é, clique no ícone da rede social de sua preferência. O Tecla SAP e a educação agradecem!

YouTube, Twitter e LinkedIn

Vamos continuar nas redes sociais a conversa sobre ser chique ou não misturar inglês e português? Escolha uma das opções para não deixar seu inglês enferrujar:

  • Inscreva-se no canal do Tecla SAP no YouTube.
  • Siga @teclasap no Twitter.
  • Você pode seguir meu perfil no LinkedIn. Estou sempre publicando dicas por lá também. Atingi o limite de 30 mil conexões e não consigo, infelizmente, aceitar novos convites.

Você já deve ter ouvido um milhão de vezes que é importantíssimo manter contato constante com o idioma estrangeiro, não é? Essa é, portanto, sua oportunidade de receber uma notificação para aprender e/ou rever conteúdo essencial para você aperfeiçoar seus conhecimentos de inglês. Estou te esperando para continuarmos nosso papo nas redes sociais. A gente se fala em breve…

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

9 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ricardo Sena
9 anos atrás

Corcordo com a Helen!!!Exageiros à parte, soam , digamos “”Pouco chique””, mas algumas palavras já fazem parte do cotidiano, como o próprio OK!!,web site, etc…

Helen Fernanda
9 anos atrás

Concordo com os exemplos do texto, são mesmo desnecessários. Mas falar um idioma de cada vez é ilusão. Na minha profissão (jornalista) palavras como off, stand-up e release nunca foram aportuguesadas e as traduções literais não têm o mesmo sentido. No dia-a-dia todos nós usamos palavras como shopping, mouse, feedback, e-mail, site, finger… A não ser que você esteja considerando todas essas palavras como pertencentes a uma espécie de “esperanto do século XXI”, não vejo a possibilidade de nos comunicarmos claramente nos dias de hoje sem recorrer a outras línguas.

Ana Scatena
Ana Scatena
10 anos atrás

Ulisses,
Já ouvi gente dizendo”empoderamento”, para “empowerment”. Acho um neologismo horrível, pois me soa como “emparedamento” e “apodrecimento”. Daqui a pouco vai virar habitual dizer esse palavrão. Já ouvi em falas oficiais de alguns de nossos governantes das altas esferas.
Uma pena, principalmente quando temos à mão todas as possibilidades mais elegantes que você cita.

Danilo Nogueira
12 anos atrás

Sim, você tem razão. Temos uma colega que mistura inglês e português com volúpia. A impressão que fica não é só de pedantismo, mas também de que a desinfeliz perdeu a capacidade de se expressar usando os recursos de uma só língua, o que é trágico para quem se apresenta como tradutora profissional.

Lenita
Lenita
12 anos atrás

Ulisses, muito "chique" sua dica. Gostei muito; principalmente quando você diz

"E não se esqueça de que só é chique falar dois idiomas se for um de cada vez!"

Aproveito pra dizer que o VocabuLando é muito bom, tem me ajudado bastante.

Abraço.