Tradução Simultânea – Ano novo, carreira nova

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Ulisses Wehby de Carvalho

 

Todo começo de ano é assim. Recebo uma quantidade ainda maior de e-mails com pedidos de dicas sobre como ingressar no mercado de tradução simultânea. É compreensível o desejo de mudar de carreira que surge em muita gente nessa época do ano. O único inconveniente é que o projeto de se tornar intérprete de conferência não pode ser encarado como se fosse uma moda de verão. Simultânea não é bronzeamento artificial! Sou branquela… Puff… estou morena jambo! 😉

Cf. Como ser tradutor e intérprete?

carreira

Já escrevi sobre o assunto em vários posts espalhados pelo blogue. O principal deles é este: “Como ser tradutor e intérprete?“. Fiz também um resumo com os principais textos em “Tradução Simultânea – Vida de Intérprete“, para facilitar a busca. Há também muitos sites e blogs de colegas de profissão que contam suas experiências no mundo da tradução simultânea. Espero que os aspirantes a intérprete de conferência encontrem nesses textos uma boa fonte de informações.

Boa navegação, boa leitura, bom divertimento e, não se esqueça, sempre use filtro solar.

Cf. Tradução Simultânea não se aprende com dicas
Cf. Tradução Simultânea Profissional x Quebra-galho
Cf. Tradução Simultânea, Oscar e Porta dos Fundos