Intercâmbio! Aprender inglês no exterior? Como se preparar?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Ulisses Wehby de Carvalho

Intercâmbio

Aprender inglês no exterior? Como se preparar?

Reproduzo abaixo o texto de uma leitora do Tecla SAP, pois acredito que as dúvidas que ela tem sobre intercâmbio podem ser a de muitas outras pessoas que vivem situação semelhante.

Vim morar nos EUA com a intenção de aprimorar o meu inglês. Já tinha algum conhecimento da língua, pois estudei durante quatro anos em uma escola de idiomas no Brasil, mas acontece que quando cheguei aqui foi como se eu estivesse chegando num outro mundo.  Estou aqui há seis meses fazendo intercâmbio e ainda não consigo compreender nem falar nada. Acho que faço alguma coisa errada, pois não consigo melhorar a compreensão nem a pronúncia, apesar de escrever e ler com facilidade. Não sei se o problema está na forma como aprendi ou se é porque já sou adulta e por isso já não tenho a mesma facilidade de outras pessoas, que falam bem estando aqui há apenas um mês.

Em primeiro lugar, é mesmo natural se sentir em outro mundo quando se chega a um país estrangeiro, mesmo que seja aos Estados Unidos, cuja cultura se faz tão presente em nosso país. Quando se soma ao estranhamento cultural a barreira linguística, aí a sensação de solidão é quase desesperadora.

intercâmbio

Para não se ver nessa situação em um intercâmbio, é preciso passar por algumas etapas da aprendizagem. Além do estudo formal através dos livros, que são ótimos para o desenvolvimento da leitura e da escrita, para se preparar para viver em outro país, deve-se desenvolver principalmente a compreensão e a conversação.

Para trabalhar a compreensão nada melhor do que estar exposto ao idioma. Como fazer isso sem ir morar num país de língua inglesa? Hoje em dia o acesso a material em inglês é infinito. Você pode ouvir música e assitir a filmes, vídeos na internet ou séries de TV.

Cf. Vocabulário: Exposição

CfComo aprender inglês com as séries de TV

Quanto à conversação, só tem um jeito: conversação! Nessa hora é preciso deixar a timidez de lado e “gastar” o inglês sem se importar com os erros, pois eles são inevitáveis. Quem espera saber tudo antes de abrir a boca para falar outra língua, nunca vai abrir a boca para falar outra língua. Por mais que se estude gramática e vocabulário, na hora de falar, os desvios vão acontecer e não há nada mais natural, faz parte do processo de aprendizagem. A tradutora Ana Scatena escreveu um ótimo texto sobre a necessidade de se lidar com a frustração durante o aprendizado de um idioma.

Cf. Para aprender um idioma, primeiro aprenda a frustrar-se

E onde é que se pode treinar a conversação antes de fazer um intercâmbio? Você pode fazer aulas de conversação em escolas de idiomas ou com professor particular. Há também as aulas online da Englishtown, em que  você pode ter aulas particulares ou em grupo, nas quais tem a oportunidade de desenvolver a fala com a orientação de professores. Há também sites de bate-papo gratuitos pela web, mas é claro que nestes não há método estruturado nem orientação pedagógica.

Cf10 dicas infalíveis para quem quer aprender inglês

Quanto à questão da idade levantada pela leitora, é evidente que o aprendizado é mais fácil durante a infância. Essa regra não funciona apenas para idiomas, mas também para aprender a tocar um instrumento musical, praticar um esporte ou fazer balé, por exemplo. Mas isso não quer dizer que seja impossível aprender na idade adulta. Muito pelo contrário! Com certeza, o Tecla SAP tem diversos leitores que iniciaram os estudos de inglês já adultos. Se você é uma dessas pessoas, conte para nós a sua experiência nos comentários.

O importante é nunca perder de vista que o caminho do aprendizado é muito pessoal e que comparar o próprio desempenho com o de outra pessoa pode ser uma grande bobagem. É preciso se conhecer, entender qual é o seu caminho e segui-lo sabendo que, lá na frente, o esforço será recompensado. E por mais difícil que esse caminho possa parecer no início, o mais importante é não se desesperar!

Cf. Quanto tempo vou levar para ser fluente em inglês?

Se você já passou por situação parecida em algum programa de intercâmbio ou uma viagem internacional, deixe seu depoimento nos comentários. Quem sabe a sua história não ajuda outras pessoas? Conhece alguém que vive fora do Brasil? Tem amigos que pensam em morar no exterior? Envie este texto para que eles estejam mais bem preparados para viver essa aventura! 🙂

Cf. Choque cultural: por que não li este texto antes de viajar?

Cf. Conversação: estratégias para você ser fluente em inglês

Cf. Como melhorar o listening? A dica que você nunca ouviu…

Speak up! We’re listening…

Você gostou das dicas sobre intercâmbio? Você já participou ou conhece alguém que tenha feito intercâmbio e tem uma experiência interessante para nos contar? Por favor, envie seu relato na seção de comentários. Nós do Tecla SAP ficamos muito gratos pela participação.

Dicas de inglês por e-mail

Agora é só com você! Cadastre-se agora mesmo e comece a receber as dicas de inglês do Tecla SAP por e-mail. É grátis! Você vai receber boletins especiais todas as semanas com o melhor dos quase 4.400 posts publicados. O cadastro não demora nem 30 segundos! Não espere o embarque para a viagem de intercâmbio para tomar uma providência! Clique no botão abaixo agora e digite nome e e-mail. E você ainda ganha dois e-books!

Quero receber as dicas de inglês mais os dois e-books!

Referência: Top 100 – As cem melhores dicas do Tecla SAP de Ulisses Wehby de Carvalho, ©Tecla SAP, 2014.