CAN: tudo o que você precisa saber sobre o “modal verb”

Tempo de leitura: 4 minutos

Can by Christine House e John Stevens

CAN

can

Modal Verbs (1): CAN

A: How was the French holiday?
B: Fine. I can sail now. I did a course there.
A: With a French trainer?
B: Yes, but she spoke English. Can you speak French?
A: No, I can’t. But a lot of French people speak English, don’t they?
B: Yes, they do. One day I needed some medicine at a chemist’s and could was able to ask for it in English.

“poder”, “saber”, “conseguir”: can, be able to

Can não existe no present perfect nem no future. Esses tempos são formados com a forma substitutiva be able to.

  • Simple present: I can speak French. I can’t speak Italian. (não) sei
  • Simple past: At six she could read. She couldn’t swim. (não) sabia / He was able to call the police because he had a mobile phone with him. conseguiu
  • Present perfect: I have been able to find Tom. I haven’t been able to find Jill. (não) consegui
  • Future: We will be able to meet. We won’t be able to talk along. (não) poderemos

Can / can’t vem com infinitivo sem to.

No simple past, geralmente se usa could para expressar uma capacidade / habilidade.

  • I could swim when I was four.

Para indicar que alguém conseguiu algo numa única situação, usa-se was / were able to. Em perguntas e frases negativas, could pode também ser usado.

  • Luckily I was able to (could) find a shop that was still open.
  • Could you find / Were you able to find a shop that was still open?
  • I couldn’t find / wasn’t able to find a shop that was still open.

Can é usado para oferecer ou propor algo com vistas ao futuro, agora.

  • Today is not possible, but we can meet tomorrow if you like.

Se a capacidade / habilidade de fazer algo ainda não estiver dada, deve-se usar will be able to.

  • He’s broken his leg, but he will be able to walk again soon.

A não ser em respostas curtas (p. ex. Yes, I can), can não pode ficar sozinho (isto é, sem outro verbo).

  • I can speak French. Eu sei francês.
  • I don’t cook very often. My husband can do it better. Meu marido cozinha melhor.

Verbos de percepção sensorial

Esses verbos – see, hear, smell, taste e touch – são geralmente usados com can ou could para expressar uma percepção momentânea.

  • I can see/hear/smell the sea. Vejo / ouço / sinto o mar.
  • I could taste something bitter in the soup. Senti algo amargo na sopa.

Gramática

Assista aos vídeos da playlist Gramática do canal Tecla SAP com Ulisses Carvalho no YouTube! Conheça dicas práticas para você aprender os principais conceitos da gramática da língua inglesa em contexto. Saber usar a gramática é fundamental para você se comunicar bem em inglês! Sempre na dose certa, é claro, sem exageros!

Clique aqui e confirme para se inscrever gratuitamente no canal Tecla SAP com Ulisses Carvalho no YouTube. Enriqueça seu vocabulário de inglês, aperfeiçoe sua pronúncia e amplie seus conhecimentos gerais. Bons estudos!


Cf. MUST: guia completo sobre o uso do verbo modal “MUST”

Cf. DRESS CODE: qual é o significado e a tradução da expressão?

Cf. Grammar Nazi? Quem é? O que faz? Onde vive o Grammar Nazi?

Resumo

  • Há somente duas formas: can (simple present) e could (simple past); outras formas temporais: be able to
  • Simple past = could somente em afirmações genéricas; o que se consegue uma única vez = was / were able to
  • Com referência ao future: can para ofertas e propostas; fora isso, will be able to
  • See, hear, smell, taste e touch: com can / could em casos de percepção sensorial única

Speak up! We’re listening…

Você gostou das explicações? Os exemplos foram claros? Nós do Tecla SAP gostaríamos muito de conhecer a sua opinião. Por favor, envie seu comentário no rodapé desta página. Muito obrigado!

YouTube, Twitter e LinkedIn

Vamos continuar essa conversa nas redes sociais? Escolha uma das opções a seguir para deixar seu inglês sempre afiadíssimo! Afinal de contas, a gente nunca sabe quando vai precisar daquela palavra ou expressão na hora de se comunicar. Praticar constantemente é a solução!

  • Inscreva-se no canal do Tecla SAP no YouTube.
  • Siga @teclasap no Twitter.
  • Você pode seguir meu perfil no LinkedIn. Estou sempre publicando dicas por lá também. Atingi o limite de 30 mil conexões e não consigo, infelizmente, aceitar novos convites.

Você já deve ter ouvido diversas vezes que é importantíssimo manter contato constante com o idioma estrangeiro, não é? Essa é, portanto, sua oportunidade de regularmente receber uma notificação para aprender e/ou rever conteúdo essencial para você aperfeiçoar seus conhecimentos de inglês. Estou te esperando para continuarmos nosso papo nas redes sociais. A gente se fala em breve…

Referência

Grammar – No problem, de Christine House e John Stevens, Disal Editora, 2005. Leia a resenha para obter mais informações sobre o livro.