Mais ou menos: como dizer “mais ou menos” em inglês?

Tempo de leitura: 6 minutos

Mais ou menos by Michael Jacobs

Mais ou menos

Como dizer “mais ou menos” em inglês?

mais ou menos

Uma das expressões que o aluno aprende logo que começa a estudar inglês é “mais ou menos” que, obviamente, é more or less. Parece fácil demais, à primeira vista, mas o seu emprego correto exige um pouco de atenção devido às dessemelhanças no uso dessa expressão em português e em inglês.

Aqui no Brasil, “mais ou menos” costuma descrever aproximações, emoções, gostos, sentimentos, indefinições. Não por falta de riqueza de vocabulário, mas por economia e vícios de linguagem que acabam sendo incorporados ao nosso dia a dia.

Em inglês, more or less é uma locução restrita para demonstrar ordens de grandeza. Aí, seu uso é idêntico nos dois idiomas. Observe:

  • mais ou menos 12 milhões de pessoas morando em São Paulo.
  • There are more or less 12 million people living in São Paulo.
  • Morreram mais ou menos 300 pessoas no desastre.
  • More or less 300 people were killed in the disaster.
  • O conserto do seu carro custará 100 dólares mais ou menos.
  • The repairs to your car will cost US$ 100 more or less.

Quando more or less não funciona…

Agora, analise algumas situações em que a expressão more or less não seria empregada para dizermos “mais ou menos” em inglês.

mais ou menos

  • A: Como foi a festa ontem? B: Mais ou menos.
  • A: How was the party last night? B: So so. / Not too bad. / Not so bad. / It wasn’t much. / Middling.
  • A: Como está se sentindo? B: Mais ou menos.
  • A: How are you feeling? B: Not too good. / A little under the weather. / I could feel better. / Not very well. / So so. / Middling.
  • A: Você se lembra do Bill? B: Sim, mais ou menos.
  • A: Do you remember Bill? B: Yes, I do, vaguely.
  • A: Você gosta da Pamela? B: Mais ou menos.
  • A: Do you like Pamela? B: Yes, she’s alright. I suppose. / A little. / Not much. / So so. / Not a lot.
  • A: Está com fome? B: Mais ou menos.
  • A: Are you hungry? B: Yes, I’m feeling a bit hungry. / Yes, I am a bit. / Yes, I’m peckish. / I could do with a bite to eat. / So so. / Yes, I am a little.
  • A: Você tem dinheiro? B: Mais ou menos.
  • A: Do you have any money? B: Yes, I have some, but not much. / Yes, a little.
  • A: Você acabou de acordar? B: Mais ou menos.
  • A: Did you just wake up? B: Yes, I just woke up. / I’ve been up for a few minutes. / I’m still feeling sleepy.
  • A: Você sempre viaja nos finais de semana? B: Mais ou menos.
  • A: Do you always travel at the weekend? B: Yes, generally. / Yes, in general. / Not every weekend. / Sometimes.
  • A: O trabalho está pronto? B: Mais ou menos, falta pouco.
  • A: Is the work ready? B: Yes, nearly. / Almost. / Not quite.
  • A: Você está ocupada? B: Mais ou menos.
  • A: Are you busy? B: A little. / Not too busy. / So so. / Yes, a bit. / Yes, but not too much.
  • A: Falta muito para chegar? B: Mais ou menos.
  • A: Will it be long before we arrive? B: I don’t know, perhaps a couple of hours.
  • A: Tinha muita gente no show dos Rolling Stones? B: Mais ou menos.
  • A: Were there a lot of people at the Rolling Stones concert? B: Yes, about forty-thousand.
  • A: Como foram suas férias? B: Mais ou menos.
  • A: Did you have good weather on your holiday? B: It wasn’t bad. / So so. / Fair. / Not too hot not too cold. Could’ve been better. / Middling.

Praticamente todas as respostas em inglês poderiam ser traduzidas com perfeição. É uma pena que a grandiosidade da língua portuguesa seja substituída, em todas essas circunstâncias, por “mais ou menos”.

Mais mais ou menos

Encontrei uma pérola! Durante uma conversa entre amigos, um dos participantes responde: “Mais ou menos.” O ouvinte, insistente, volta a questionar: “Mas é mais para mais ou mais para menos?” Não tente jamais falar algo parecido em inglês ou a sua sanidade mental será posta em dúvida.


O maior erro de pronúncia em inglês

Assista ao vídeo e conheça o principal erro de pronúncia em inglês e saiba como evitá-lo. A vogal de apoio é a marca registrada do sotaque brasileiro e o problema pode, sim, ser resolvido. Aperfeiçoe sua pronúncia em inglês com as dicas do Tecla SAP.

Curta e compartilhe o vídeo com os amigos. Clique aqui e confirme para se inscrever gratuitamente no canal do Tecla SAP no YouTube. Bons estudos!


Cf. DOWNTOWN x UPTOWN x MIDTOWN: qual é a diferença?

Cf. Pois, não! Como dizer “pois, não” em inglês?

Cf. Ampliar vocabulário de inglês é como beber Toddy gelado

Speak up! We’re listening…

Gostou das várias sugestões dadas pelo Prof. Michael Jacobs para dizermos “mais ou menos” na língua inglesa? Quantas você já conhecia? Nós do Tecla SAP gostaríamos muito de saber se o texto foi útil para você enriquecer seus conhecimentos de inglês. Agradecemos a gentileza de comentar no rodapé da página.

Textos Mastigados

Saiba como manter-se informado e ampliar seu vocabulário de inglês ao mesmo tempo. Conheça o programa Textos Mastigados do Tecla SAP. Ou você acha melhor continuar falando inglês mais ou menos?

Dicas por e-mail

Você sabia que o Tecla SAP é o primeiro e maior blog com dicas de inglês no Brasil? São mais de 4.700 posts com muita informação à sua disposição! É muito fácil acompanhar o maior conteúdo educacional sobre o ensino de inglês por e-mail. É grátis! Cadastre-se agora mesmo para receber as dicas por e-mail. Em poucos segundos você digita nome e seu endereço eletrônico e ponto final!

E tem mais! Você vai ganhar uma versão compacta do e-book Aprenda inglês com humor – Micos que você NÃO pode pagar! São histórias engraçadas e/ou constrangedoras vividas por quem ainda não tem domínio da língua inglesa. Cada relato é acompanhando de explicação detalhada sobre o problema além de alternativas adequadas para se contornar a saia justa. E esse é só o primeiro presente que você vai ganhar do Tecla SAP!

A dica que você aprendeu hoje sobre “mais ou menos” pode ser um marco no seu estudo de inglês. Só depende de você! Já pensou nisso? A sequência de e-mails que você vai passar a receber gratuitamente mostra o caminho das pedras, passo a passo! Faça como mais de 70 mil pessoas e comece a desenferrujar seu inglês agora mesmo! 🙂 Estou te esperando com muito mais conteúdo educacional!

The ball is in your court!

Quero receber as dicas de inglês e o E-BOOK de presente!

Referência

Como Não Aprender Inglês – Edição Definitiva, de Michael Jacobs – Editora Campus/Elsevier, 2002. Leia a resenha para obter mais informações sobre o livro. 


0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

23 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Victor Galvão
Victor Galvão
5 anos atrás

Eu acredito que signifique “nada mal”

Roberto Dias
Roberto Dias
6 anos atrás

muito boas essa definições, estou aprendendo muito.

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Roberto Dias

Roberto, como vai?

Obrigado pelo elogio. É bom saber que o conteúdo está sendo bem aproveitado.

Abraços

Caroline Oliveira
Caroline Oliveira
6 anos atrás

Muito esclarecedor. Obrigada!

Ulisses Wehby de Carvalho

Caroline, tudo bem?

Obrigado pelo feedback. Volte mais vezes.

Abraços

Igor Reis
Igor Reis
6 anos atrás

achei mais ou menos essa explicação…. hahahahahaha
brincadeira, muito obrigado pela explicação o

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Igor Reis

Igor, tudo bem?

Obrigado pelo elogio ao texto. Agradeço em nome do Michael Jacobs, o “pai da criança”. Volte sempre!

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Márcio, tudo bem?

Obrigado pelo comentário. “Plus or minus” é expressão matemática e se refere a, por exemplo, o “para mais ou para menos” quando são divulgados dados de uma pesquisa de opinião.

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Welton, tudo bem?

Obrigado pelo interesse no Tecla SAP. “Kind of” é inglês coloquial, ou seja, o idioma falado informalmente no dia a dia.

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Thiago, tudo bem?

Seguem as respostas para as quatro perguntas que você fez:

1. Sim.
2. Sim.
3. Sim.
4. Sim, em situações informais.

Abraços,

Thiago Araujo
Thiago Araujo
6 anos atrás

Esclarecidíssimo! Obrigado! Sou teu fã e admiro seu trabalho. Seu site é o melhor para quem quer ampliar os conhecimentos em língua inglesa. É sempre muito claro e objetivo. Te sigo em todas as redes sociais! No Twitter talvez o user @ThiagoMcCoy seja um conhecido seu rs Sucesso aí! Tô sempre de olho!

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Thiago Araujo

Valeu, Thiago! Abração

Ulisses Wehby de Carvalho

Farlley, tudo bem?

A definição de “antigo” é subjetiva. Não conheço esses “vários americanos”, não sei qual é seu grau de instrução, formação, faixa etária, o que fazem, com que frequência leem, o que leem etc.

Não gosto de fazer afirmações genéricas como essa porque acredito que o risco de nos equivocarmos é enorme. Não podemos nos esquecer de que o idioma inglês não é só falado nos Estados Unidos.

Mesmo supondo que a palavra seja pouco usada nos EUA, tal afirmação não é necessariamente verdadeira para o inglês falado na Inglaterra, Austrália, África do Sul, Canadá, Irlanda etc.

Ainda assim, mesmo em se tratando de palavras pouco usadas atualmente, o que não me parece ser o caso de “so-so”, conhecer seu significado tem importância para o aluno brasileiro de inglês – perfil típico do leitor do Tecla SAP – porque elas vão continuar aparecendo em, por exemplo, livros e filmes, sejam eles antigos mesmo ou de época apesar de lançados recentemente. Além disso, sabemos que as expressões antigas podem aparecer, geralmente em tom de brincadeira, durante uma conversa.

Três minutos de pesquisa no Google deram os seguintes resultados:

1. My take on Obamacare as so-so, even poor, policy. (CNN – Posted June 26, 2015)

2. But the New Jersey native wasn’t front of mind, especially after her so-so performance in U.S. opener against Australia. (CNN – Posted July 6 2015)

3. ‘Tomorrowland’ wins so-so holiday box office (USA Today – Posted May 26 2015)

4. Hybrid version of Infiniti QX SUV seems so-so (USA Today – Posted August 2 2014)

5. It has been another so-so performance from Wayne Rooney. (BBC – Posted March 30 2015)

6. Kate Middleton Is Feeling “So-So,” According to Prince William. (Vanity Fair – Posted September 22 2014)

7. German universities – Between great and so-so (The Economist – Posted December 13 2014)

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Denise, tudo bem?

Obrigado pelo elogio. As they say, live and learn! 😉 Volte mais vezes.

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Irene, tudo bem?

Obrigado pelo feedback simpático. O texto é do Prof. Michael Jacobs. Agradeço em nome dele e também no de todos os colaboradores do blog.

Volte mais vezes e comente sempre que puder. Valeu!

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Patrícia, como vai?

Obrigado pelo feedback. Agradeço em nome de toda a equipe de colaboradores do Tecla SAP. O autor do texto é o Prof. Michael Jacobs. Volte mais vezes!

Abraços

Victor Galvão
Victor Galvão
6 anos atrás

Ulisses, e quanto a expressão “kind of”, acredito que possa ser usada também, ou não?

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Victor Galvão

Victor, tudo bem?

Obrigado pelo comentário. Pode, sim. Volte mais vezes.

Abraços

antonio gomes lacerd
antonio gomes lacerd
6 anos atrás

Ulisses Wehby de Carvalho Show!

Ulisses Wehby de Carvalho

Antonio, tudo bem?

Obrigado pelo feedback. Volte sempre!

Abraços

Otavio
Otavio
6 anos atrás

O “kinda” e o “sorta” também não podem ser usados nesse contexto?

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Otavio

Otávio, tudo bem?

Tanto “kinda” quanto “sorta” são maneiras bem informais de dizermos “mais ou menos”. Podem muito bem ser usadas, portanto, em situações informais.

Abraços