Ampliar vocabulário de inglês é como beber Toddy gelado

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Ulisses Wehby de Carvalho

Ampliar vocabulário de inglês é como beber Toddy gelado

Quer saber o que ampliar vocabulário de inglês tem a ver com Toddy gelado? Eu explico. Você já misturou Toddy no leite gelado? Quem já passou por essa experiência sabe que o processo é demorado e, quase sempre, frustrante. Se você acha chato hoje, pergunte para o seu pai ou para a sua mãe para eles contarem como era a experiência de dissolver o pó antigamente. Eles hão de concordar comigo: era muito mais difícil e demorado lá pelos anos 70.

ampliar vocabulário de inglês

Tanto isso é verdade que o concorrente direto do Toddy lançou um produto chamado Quik. Por que será? A grafia não é a da norma culta, quick, mas o significado não deixa dúvidas.

Cf. FAST x QUICK: qual é a diferença entre as duas?

Mas o que isso tem a ver com ampliar vocabulário de inglês? Não enrola, Ulisses! Antes de você chegar à conclusão precipitada de que estou ficando cada vez mais louco, aviso que a intenção deste texto é criar uma analogia com a aquisição de vocabulário novo e, principalmente, com a manutenção do vocabulário existente. Vamos lá…

Eu gostaria que você pensasse na aquisição de vocabulário, ou seja, aquelas palavras e expressões que você não conhecia e aprende de uma ou outra forma, como o pó do achocolatado de sua preferência e que precisa ser dissolvido no leite que já está no copo. Esse conteúdo novo precisa ser mexido e remexido, em outras palavras, usado mais de uma vez, para que seja de fato incorporado ao seu banco de dados de palavras. Caso contrário, ele fica na superfície e não será incorporado ao líquido.

A analogia pode ser até meio estranha, admito, mas você há de concordar comigo que os dois processos dão trabalho. Mas a história não acaba aqui.

Já experimentou deixar um copo com achocolatado parado por muito tempo? Sabe quando você prepara um lanche, mistura o Toddy ou o Nescau ao leite e aí toca o telefone ou acontece alguma coisa inesperada e você só consegue terminar 20 minutos depois? O que acontece com o pó? Ele decanta – acho que o verbo é ‘decantar’ mesmo, não é? – e vai parar no fundo.

Esse depósito de achocolatado no fundo do copo pode ser comparado ao vocabulário que você já havia incorporado ao seu banco de dados e, por falta de uso, acabou deixando de ser vocabulário ativo e não estará à disposição para uso quando você precisar dele. Em outras palavras, “voltou” a ser pó.

Assim como o Toddy só tem graça se estiver bem misturado ao leite, vocabulário só é útil quando for parte integrante do seu repertório. Não há utilidade nenhuma nas palavras e expressões antes de serem integradas ao seu repertório nem depois de serem relegadas ao esquecimento. O que interessa é manter um vocabulário ativo e em constante utilização.

Liquidificador

ampliar vocabulário de inglês

Qualquer pessoa gostaria de ter um liquidificador constantemente ligado para que a mistura fosse rápida e uniforme independentemente da quantidade de Toddy adicionada. É ou não é? Seria ótimo.

Esse liquidificador tem nome: exposição. Somente a constante exposição ao idioma acrescenta vocabulário novo ao seu arsenal e, ao mesmo tempo, reativa aquelas palavras e expressões que aparecem com menos frequência e que, fatalmente, seriam esquecidas mais cedo ou mais tarde. Leia mais sobre exposição em “Exposição é EXPOSITION, EXHIBITION, EXPOSURE, EXHIBIT ou EXPO?“.

Aquisição x Manutenção

Ninguém duvida da importância da aquisição de vocabulário novo. Não importa o seu nível de proficiência, acrescentar novas palavras ao repertório é fundamental para que haja progresso no idioma. No entanto, preservar o vocabulário que você já assimilou é tão ou até mais importante e, convenhamos, se trata de um processo bem menos trabalhoso. Observe a ilustração:

ampliar vocabulário de inglês

Qualquer semelhança com um copo de leite com Toddy é mera coincidência! 😉 Observe que o acúmulo na parte de baixo é mesmo maior do que a quantidade de vocabulário novo na superfície. É da natureza do próprio processo e, mais uma vez, vale para todos os níveis de proficiência.

Assim como no copo com achocolatado, basta “mexer” um pouquinho para você, com muito mais facilidade, reincorporar o sedimento do fundo ao líquido. Observe também que ao agitar a mistura é praticamente impossível promover uma ação e não causar a outra, ou seja, reintegrar o vocabulário antigo e ativar o vocabulário recém adquirido.

O quê? Não gosta de Toddy? Volte ao começo do texto e substitua a palavra “Toddy” por “Whey Protein”… O importante é não parar de mexer! Vaaaai…

Cf. Falsos cognatos: TODDY

Cf. Textos Mastigados

Cf. Vocabulário: a diferença entre falar inglês e falar inglês bem.

Speak up! We’re listening…

O que você achou da dica sobre como ampliar vocabulário de inglês? Nós do Tecla SAP gostaríamos de conhecer a sua opinião. Por favor, envie sua resposta na seção de comentários, no rodapé da página. Muito obrigado pelo interesse e pela participação!

Dicas de inglês por e-mail

Agora é a sua vez de tomar uma atitude para, de fato, ampliar vocabulário de inglês! Cadastre-se para receber as dicas do Tecla SAP por e-mail. É grátis! Além das dicas diárias, você receberá boletins especiais com o melhor dos mais de 4.500 posts publicados. O cadastro é simples e não vai levar nem 30 segundos! Basta clicar no botão abaixo e digitar nome e e-mail. E você ainda ganha dois e-books!

Quero receber as dicas de inglês mais os dois e-books!

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

44 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] Cf. Ampliar vocabulário de inglês é como beber Toddy gelado […]

Tiago M.
Tiago M.
4 anos atrás

Uma dica legal para mexer o “Toddy” é usar “spaced repetition” (SRS). Há dois ótimos aplicativos que podem ajudar: O Quizlet e o Anki (meu favorito, apesar de mais simples no visual).

Ulisses Wehby de Carvalho

Oi, Débora, tudo bem?

Muito obrigado pelo feedback. Espero que você possa retomar seus estudos (mexer seu Toddy) o quanto antes. A gente se fala…

Abraços

Nilson Monteiro
Nilson Monteiro
5 anos atrás

Olá, Ulisses:

As chaves para aprender são repetição, persistência e motivação.
É possível repetir lendo, assistindo a filmes, ouvindo, falando etc.
Persistir significa criar uma disciplina própria para estudar e aprender informações novas. Eu faço uma hora diária de leitura. Tem quem estude por outros meios, igualmente eficientes.
Motivação é a vontade. Aprender sem vontade é como casamento sem amor.
Eu treino vocabulário deixando as palavras que me interessam num papel sobre a mesa e vou olhando para elas por alguns dias. Tento usá-las no dia a dia. Dessa forma eu as gravo.

Tudo de bom!
Nilson.

Ulisses Wehby de Carvalho

Nílson, tudo bem?

Muito obrigado por relatar sua experiência com os leitores do Tecla SAP. Espero que ela sirva de referência para mais pessoas. Volte sempre!

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Nílson, tudo bem?

Muito obrigado por relatar sua experiência com os leitores do Tecla SAP. Espero que ela sirva de referência para mais pessoas. Volte sempre!

Abraços

Priscila Mira
Priscila Mira
5 anos atrás

Adorei a comparação! Muito ilustrativa, e você soube defendê-la muito bem. Tenho cadastro em varios sites para aprender ingles, ja tentei varios aplicativos também mas so vejo assuntos que já aprendi. Me vejo numa situação desconfortavel pois meu ingles é avançado para fazer as mesmas aulinhas, e ao mesmo tempo, preciso aprender a fluencia da lingua. Estou morando nos EUA ha tres meses e ainda travo na hora de conversar com os americanos. Consigo me comunicar, mas com limitaçoes pois vira e mexe me dá branco, esqueço o que eu já sei, começo uma frase e não consigo terminar por não encontrar as palavras certas e etc. Acho que seu texto me mostrou por onde eu devo começar e com certeza vou buscar um jeito de ampliar meu vocabulario. Obrigada

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Priscila Mira

Priscila, como vai?

Muito obrigado pelo comentário. Os problemas que você descreve sobre seu inglês não são muito diferentes dos que a grande maioria das pessoas em nível semelhante enfrenta. Embora ampliar vocabulário não seja solução instantânea, ainda é a alternativa ideal. Sempre aliada, é claro, à exposição constante ao idioma. Bons estudos!

Abraços

Nancy
Nancy
5 anos atrás

obrigada pela explicação maravilhosa sobre A IMPORTÂNCIA DO CONTEXTO para aprender inglês!

Vera Abreu
Vera Abreu
5 anos atrás

Prezado professor Ulisses.
Gostei muito da comparação.
Atenciosamente.
Vera Abreu.

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Vera Abreu

Vera, como vai?

Muito obrigado pela gentileza de comentar. É muito gratificante saber que o trabalho está sendo reconhecido. Volte sempre!

Abraços

Israel Doretto
Israel Doretto
5 anos atrás

Excelente observação, concordo plenamente com o texto, obrigado.

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Israel Doretto

Israel, como vai?

Muito obrigado pela gentileza de comentar. Volte mais vezes.

Abraços

Luiz Fernando
Luiz Fernando
5 anos atrás

Analogia totalmente criativa kkkkkkkk usarei isso com certeza, parabens Ulisses por sempre fazer o possível para ativar o interesse dos seus leitores.

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Luiz Fernando

Luiz Fernando, como vai?

Muito obrigado pelo elogio ao texto. É uma satisfação muito grande saber que o conteúdo do blog está sendo bem aproveitado. Volte mais vezes!

Abraços

trackback

[…] Cf. Ampliar vocabulário de inglês é como beber Toddy gelado […]

trackback

[…] Cf. Ampliar vocabulário de inglês é como beber Toddy gelado […]

Rainefer Souza
Rainefer Souza
5 anos atrás

Muito bom Ulisses ! Nao to tendo muito tempo pra dar a devida dedicação ao inglês, mas devagar vou pegando coisas novas, acho bom o seus emails com as dicas, pois me faz lembrar que preciso estudar …

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Rainefer Souza

Rainefer, tudo bem?

Obrigado pelo feedback gentil. É mesmo uma satisfação muito grande saber que o conteúdo está sendo bem aproveitado.

Abraços

trackback

[…] Cf. Ampliar vocabulário de inglês é como beber Toddy gelado […]

Ulisses Wehby de Carvalho

Elizabeth, como vai?

Muito obrigado pela gentileza de comentar. Volte sempre!

Abraços

Elizabeth Dissat
Elizabeth Dissat
6 anos atrás

Muito bom este texto! Adorei a analogia! Sempre criativo!

Ulisses Wehby de Carvalho

Elizabeth, tudo bem?

Obrigado pelo comentário simpático. Volte sempre!

Abraços

Márcia Mendes Chagas Correa
Márcia Mendes Chagas Correa
6 anos atrás

Ulisses, vc é demais! Morro de rir dos seus textos, sempre bem humorados e inteligentes! Parabéns! Vc é o CARA!

Márcia Mendes de Goiânia, a cidade que você nunca veio dar nenhum de seus cursos…. 🙁

Ulisses Wehby de Carvalho

Márcia, tudo bem?

Obrigado pelo feedback simpático. Se aparecer convite para dar palestra para alunos de Letras e Tradução / Interpretação, eu irei com o maior prazer.

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Gilberto, tudo bem?

Não é puxão de orelha! É só um reforço na direção certa.

Estou providenciando uma solução para o seu caso e também para várias outras pessoas que preferem o pagamento via boleto bancário. É preciso só mais um pouquinho de paciência… 😉

Abraços

Aleksandro Siqueira
Aleksandro Siqueira
6 anos atrás

Olá Ulisses.
Quando penso que o último post é o melhor de todos, aí vem você com uma pérola destas. Muitíssimo obrigado meu caro.

Ulisses Wehby de Carvalho

Aleksandro, tudo bem?

Obrigado pelas palavras gentis do seu comentário. Sempre afirmo que é muito bom saber que o conteúdo está sendo bem aproveitado. Valeu!

Abraços

miriam
miriam
6 anos atrás

Great! amo de paixão estas dicas. God bless you, Ulisses!

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  miriam

Miriam, tudo bem?

Muito obrigado pela mensagem simpática. Volte sempre!

Abraços

Cleusa
Cleusa
6 anos atrás

Texto interessante e motivador, gostei da analogia. De forma simpática vc nos faz entender a necessidade de rever conteudos. Obrigada mestre

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Cleusa

Cleusa, tudo bem?

Obrigado pelo feedback gentil. A intenção era justamente essa. Fico feliz em saber que o texto está cumprindo seu objetivo.

Abraços