Publicitário: como dizer o nome dessa profissão em inglês?

Tempo de leitura: 4 minutos

Publicitário by Ulisses Wehby de Carvalho

Publicitário

Como dizer o nome da profissão em inglês?

publicitário

Publicitário

Nem todas as profissões têm nomes correspondentes exatos nos dois idiomas. Publicitário é apenas mais um desses casos. Sei que muita gente fica frustrada e, em certa medida, rejeita esse tipo de resposta. A razão, seja ela consciente ou não, é a crença ingênua de que, para todas as palavras de uma língua, existiria um termo correspondente perfeito no outro idioma. Em geral, quem pensa dessa forma acaba desconfiando da resposta e, não raro, de quem a ofereceu também.

O tema já foi tratado em “A importância do contexto“. Se nem palavras básicas como lovehouseboy mantêm uma relação biunívoca com “amor”, “casa” e “menino”, não há razão para se esperar o mesmo de outros vocábulos.

No caso dos nomes das profissões, o fenômeno é menos frequente, mas também acontece, e não é só com “publicitário”. Se “alfaiate” é tailor, “ferreiro” é blacksmith e “lanterninha” é usher, por que não temos a mesma correspondência com, por exemplo, “ascensorista”, “cobrador (de ônibus)” e, é claro, “publicitário”? A resposta é simples: nem todas as sociedades — e com elas suas culturas, economias, profissões etc. — evoluíram da mesma forma. O mesmo princípio, é evidente, se aplica aos idiomas.

É óbvio que há publicitários nos países de língua inglesa. O Darrin Stephens, personagem interpretado pelo ator Dick York (foto), já representava um publicitário de sucesso na série de TV Bewitched (A Feiticeira) nos anos 60!

publicitário

Como se diz “publicitário” em inglês afinal?

Há algumas opções para você dizer que é publicitário / publicitária em inglês. Seguem algumas sugestões:

  • I work in advertising.
  • I’m in adverstising.
  • I work for an ad agency.
  • I’m an advertising professional.

E não adianta fazer beicinho e dizer: “Mas não é a mesma coisa…”! Não é mesmo, mas, sinto muito, a realidade nem sempre tem final feliz como filme de Hollywood. Além disso, tradução é arte. A arte da adaptação, para ser mais sincero. Aliás, se tradução fosse ciência exata, que se resolve com uma tabela de duas colunas no Excel, o computador já teria dado aos tradutores de carne e osso o mesmo destino que a calculadora deu ao ábaco.

Cf. PROPAGANDA não é a mesma coisa que “propaganda”!

Vale ressaltar que essas são construções comuns a outros ramos de atividade também. É frequente ouvirmos frases do tipo I’m in sales e I’m in retail usadas por quem trabalha com “vendas” e “varejo”, respectivamente. Outra opção seria ser mais específico e descrever o que você faz dentro da publicidade. Sabemos que o termo publicitário é amplo e engloba diversas atividades.

Para consultar a lista de profissões, confira o post “Profissões em inglês (com tradução)“. Se você tiver alguma sugestão para dizer “publicitário” em inglês, envie, por favor, sua contribuição na seção de comentários abaixo. Muito obrigado!


Tecla SAP com Ulisses Carvalho

Assista aos vídeos do canal Tecla SAP com Ulisses Carvalho no YouTube! Dicas de vocabulário, pronúncia, phrasal verbs, Business English, gírias, expressões idiomáticas, como aprender inglês com música, falsos cognatos, como melhorar o listening, erros comuns e como evitá-los, estratégias de aprendizado e muito mais!

Clique aqui e confirme para se inscrever gratuitamente no canal Tecla SAP com Ulisses Carvalho no YouTube. Enriqueça seu vocabulário de inglês, aperfeiçoe sua pronúncia e amplie seus conhecimentos gerais. Bons estudos!


Cf. Saudade! Como se diz “saudade” em inglês?

Cf. Como dizer “flanelinha” e outros diminutivos em inglês?

Cf. Currículo em inglês: 10 dicas indispensáveis para o CV em inglês

Speak up! We’re listening…

O que você achou da dica sobre como dizer “publicitário” em inglês? Nós do Tecla SAP gostaríamos de conhecer a sua opinião. Você tem alguma outra sugestão para dizermos “publicitário”? Por favor, envie sua resposta na seção de comentários, no rodapé da página. Muito obrigado pela participação!

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

29 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] 6. Publicitário: como dizer o nome da profissão em inglês? […]

Luan Simões
Luan Simões
5 anos atrás

Uma vez um professor comentou que o nome da formação nos EUA é “Media” pois em âmbito geral é com o que trabalhamos: mídia. Então imagino que tenha alguma aplicação com essa palavra mas não me lembro do que ele disse sobre. 😛

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Luan Simões

Luan, tudo bem?

Obrigado pela contribuição. Volte mais vezes.

Abraços

trackback

[…] Cf. Publicitário: como dizer o nome da profissão em inglês? […]

trackback

[…] Cf. Publicitário: como dizer o nome da profissão em inglês? […]

Hanna Fagundes
Hanna Fagundes
6 anos atrás

Adorei a dica, afinal sou uma publicitária em formação. Obrigada Ulisses!

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Hanna Fagundes

Hanna, tudo bem?

Agradeço a gentileza de comentar. Volte sempre!

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

André, tudo bem?

Obrigado! Colaborou, sim! Embora a expressão seja usada de fato para descrever o nome da premiação, não creio, no entanto, que “advertising man” nem “advertising woman” sejam expressões usadas em um CV, por exemplo.

Não imagino, por exemplo, a Laura Desmond dizendo em, por exemplo, em um coquetel “I’m an adverstising woman”. Ela poderia afirmar “I was voted the Advertising Woman of the Year by Adweek…”.

Abraços

Marco Goncalves
Marco Goncalves
6 anos atrás

Segundo uma conhecida minha, essa é simples: é PUBLICITARIAN!!!! hahahahahahaha

Ulisses Wehby de Carvalho

😀

Fernanda
Fernanda
6 anos atrás

Muito interessante o artigo, parabéns!
Tenho muita dúvida mesmo é o nome de cargos dentro de uma agencia de publicidade, em especial o de Arte Finalista. Preciso traduzir meu currículo para inglês e ainda não encontrei uma tradução boa para esse cargo.
Obrigada!

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Fernanda

Fernanda, tudo bem?

Entendo o seu dilema. Deduzo que ele deva ser comum a muitas profissões que, por uma ou outra razão, não têm um equivalente direto na língua inglesa.

Publiquei um link para o site do órgão do governo americano equivalente ao nosso Ministério do Trabalho. Lá uma uma relação de profissões separadas por área. Dê uma olhada naquela lista para, que sabe, encontrar uma alternativa mais próxima.

Só mesmo quem atua na função tem condições de analisar a descrição do cargo e traçar um paralelo com o que é feito no Brasil. Boa sorte.

Abraços

Fernanda
Fernanda
6 anos atrás

Obrigada, irei ver sim! =)

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Fernanda

Fernanda,

Se encontrar uma solução satisfatória, não deixe de contar para a gente aqui. Obrigado!

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Diogo, tudo bem?

Obrigado pela contribuição. Por favor, confira a resposta que dei para o comentário do Caio.

A conversa está ótima, mas quando o debate “acalmar” nos próximos dias, vou fazer um adendo ao texto original com o “resumo da ópera” e os meus comentários sobre as sugestões dos leitores do blog. Volte sempre!

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Rodrigo, tudo bem?

Obrigado pelo interesse. Das três sugestões, a que me parece mais plausível é “advertising professional” por ser mais genérica, assim como “publicitário”.

Aproveito seu comentário para sugerir outra forma de fazer buscas no Google para descobrir, confirmar a existência, frequência de uso etc. de palavras e expressões em inglês.

Em vez de supor uma hipótese e digitá-la no Google, limite sua busca a um site confiável. A explicação é simples: se você digitar “excessão” (assim mesmo com duas letras “S”), vai encontrar 434.000 ocorrências! Sabemos que a grafia correta não é “excessão” e, ao fazermos uma busca com a grafia certa (exceção) encontramos mais de 14 milhões de ocorrências. Imagine quem não conhece a grafia certa e só realiza metade da pesquisa. Acaba tendo a certeza de que “excessão” é a resposta.

Devemos tomar cuidado, portanto, para não cairmos no mesmo equívoco em inglês. Ou seja, digitar uma possibilidade, encontrar meia dúzia de ocorrências e chegarmos à conclusão precipitada de que são opções válidas.

No caso de “publicitário”, sugiro, por exemplo, fazer uma pesquisa no site do “Department of Labor”, que tem uma espécie de Guia de Profissões chamado “Occupational Outlook Handbook”. O link é este http://www.bls.gov/ooh/ Em outras palavras, qualquer informação extraída de um site como esse vai ter, inegavelmente, mais peso do que o que aparece escrito “pelaí”. 😉

Agradeço mais uma vez o interesse e a contribuição para o debate. Valeu!

Abraços

Rodrigo Rosenfeld Rosas
6 anos atrás

Se eu pesquisar por excessão no Google ele me retorna isso: 😉

“Exibindo resultados para exceção”

Eu concordo com a sua dica de busca no Google e eu mesmo recorro a ela com frequência mas acho que sua atuação é limitada. Por exemplo, acho efetivo quando se tem dúvidas sobre que forma seria a mais popular para se dizer algo. Por exemplo, se tenho dúvida entre duas expressões, coloco as duas entre aspas no Google para ter uma ideia da popularidade de cada expressão… Mas ao procurar por existência de termos que não sabemos se existem ou são comuns essa técnica não ajuda tanto…

A questão é que em casos como esse, sobre a definição de publicitário, provavelmente existem termos que são comuns entre pessoas do meio mesmo que possam soar estranho para outras pessoas. Além disso, alguns dicionários costumam traduzir advertiser não apenas como anunciante mas também como publicitário como uma tradução alternativa. Imagino que quem seja do ramo sinta necessidade de criar um termo simples para sua profissão para facilitar a comunicação entre eles…

Eu trabalho com programação de sistemas e na minha área é comum escutar 99% dos profissionais falando em performance em vez de desempenho (na verdade, não lembro de mais alguém além de mim que use a palavra correta em português…). É tão comum para essas pessoas lerem performance nos artigos em inglês que acabam sempre usando essa palavra mesmo quando estão conversando em português e mesmo quando há uma tradução direta disponível… Nesse caso o pior é que a palavra performance existe em português mas com um significado totalmente diferente e só é possível entender o que eles querem dizer pelo contexto… Eu não acharia estranho se profissionais de publicidade referissem-se a si próprios como advertisers em seus blogs por exemplo…

Mas eu entendo que em certas situações que requerem mais formalidade ou quando o contexto pode deixar dúvidas (quando não se sabe se nos referimos a anunciante ou publicitário ou quando assumir-se-ia que se trata de anunciantes) provavelmente advertiser não seria uma opção. Mas quando o termo é muito recorrente parece um tanto estranho falar em “advertising professional” o tempo todo 😉

Ulisses Wehby de Carvalho

Rodrigo,

Clique em “Search instead for excessão” para ver as 434 mil ocorrências! 😉

Agora falando sério: usei “excessão” apenas para ilustrar o conceito das buscas sem critério.

No post “Google: como fazer pesquisas para tirar dúvidas de inglês?”, explico os riscos inerentes ao simples “jogar no Google”, com exemplos de frases em inglês. O link é https://www.teclasap.com.br/dicas-de-site-como-pesquisar-no-google/

Há riscos até mesmo no “duelo de ocorrências” porque, quando se trata de resultados de ferramentas de busca, quantidade quase nunca é sinônimo de qualidade.

Voltando a “publicitário”, concordo que deve haver um jargão usado entre os profissionais da área. O intuito do texto é, no entanto, orientar quem precisa dizer “publicitário” em inglês, sendo profissional da área ou não.

Contribuições com a sua e a de outros leitores do blog ajudam a esclarecer a questão. Obrigado! Valeu!

Abraços

Rodrigo Rosenfeld Rosas
6 anos atrás

Quando li o seu “Valeu!” lembrei de uma conversa recente que tive 🙂 Eu trabalho em casa (Vitória-ES) para uma empresa de Porto Alegre que, por sua vez, possui a maioria dos seus clientes nos EUA, o que é o caso do meu projeto. Meu contato maior é com um cliente que mora em NY e às vezes surgem algumas curiosidades linguísticas durante nossos chats no Skype.

Uma vez ele leu um artigo sobre um indiano falando que na Índia agradecer alguém pode parecer ofensivo:

http://www.theatlantic.com/international/archive/2015/06/thank-you-culture-india-america/395069/

Ele mencionou esse artigo enquanto conversávamos depois do décimo “thank you” na conversa 🙂 E perguntou se eu achava que ele falava muito “thank you” e eu disse que não estranhava pois acho que é comum esse uso em inglês mas que aqui no Brasil não agradecemos assim com tanta frequência, pelo menos não com “obrigado” exatamente. Normalmente o usamos para englobar tudo no final da conversa (ou poucas vezes durante a conversa) sendo que provavelmente usamos informalmente, entre amigos, “valeu” com mais frequência. Tentamos achar alguma tradução próxima em inglês, como “cool”, “thanks”, “great”, “excellent”, “you’re the man”, mas nem sei o que seria o mais próximo de valeu em inglês 🙂 Mas desde então ele tem usado “valeu” comigo para assinar praticamente todo e-mail 😀

Ulisses Wehby de Carvalho

Rodrigo,

A história é ótima! É a língua portuguesa conquistando o mundo! 😉

Vou resistir à tentação da piada pronta e não vou escrever “Valeu!”. Ops… já foi!

Abraços,

Ulisses Wehby de Carvalho

Peter, tudo bem?

Acho que sim também. Obrigado pelo interesse e pela participação. Volte mais vezes!

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Tania, como vai?

Não acho. A definição de “publicist”, segundo o Macmillan é a seguinte:

someone whose job is to use newspapers, television, etc. in order to make people notice a person, organization, or product

Embora haja uma certa sobreposição de funções, é fato, o “publicist” está mais para “assessor de imprensa” ou “promotor” que divulga a carreira de artistas em geral (atores, cantores etc.). Esse profissional pode até ser formado em publicidade, ou seja, pode ser “publicitário”, mas, a meu ver, o que o “publicist” faz no dia a dia é bem diferente do trabalho de um publicitário que atua em uma agência de publicidade tradicional.

Obrigado por levantar a questão e ampliar o debate. É conversando que a gente se entende, não é? Vamos aguardar mais contribuições para desvendarmos esse quebra cabeça. 😉

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Tania, tudo bem?

Obrigado pelo comentário. “Advertiser” é uma dessas palavras que causam confusão porque, em geral, seu significado é o de “anunciante”. Ou seja, quem contrata agência de publicidade para desenvolver um anúncio / uma campanha para promover seu produto.

A meu ver, não é a solução ideal para dizer “publicitário” em inglês. O dilema continua… 😉

Obrigado pela visita e por contribuir com o debate. Volte sempre!

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Paloma, tudo bem?

Obrigado pelo comentário. O termo “publicidade” é, em geral, traduzido por “advertising”.

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Caio, tudo bem?

Muito bem lembrado! Obrigado pela colaboração.

Vale ressaltar, no entanto, que se trata de denominação informal e que não encontra muito eco nos dias de hoje. Muitos dos termos que designam profissões no masculino têm mudado desde a década de 60. “Policeman” e “fireman”, por exemplo, deram lugar para “police officer” e “firefighter”, respectivamente.

Abraços

Alice Umbrella
6 anos atrás

Eu já ia perguntar se não ficava estranho o termo Adman para o uso por mulheres 🙂

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Alice Umbrella

🙂

Alice Umbrella
6 anos atrás

Então, pela lógica, dizer “I’m advertiser” também estaria correto?

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Alice Umbrella

Alice, tudo bem?

Não. Em geral, “advertiser” quer dizer “anunciante”.

Obrigado pelo interesse e pelo comentário. Volte sempre!

Abraços