Cantada: existe palavra equivalente em inglês? Qual?

Tempo de leitura: 8 minutos

Cantada 1 by Jack Scholes

CANTADA 1

cantada

TO MAKE A PASS AT SOMEBODY
[paquerar, azarar, cantar alguém, dar uma cantada]

  • That guy just made a pass at me.
  • Aquele cara acaba de me cantar.

Referência 1

Modern Slang – Easy Way, de Jack Scholes, Disal Editora, 2005. Leia a resenha para obter mais informações a respeito da obra.


Cantada 2 by Ron Martinez

CANTADA 2

cantada

A língua portuguesa é muita rica, especialmente em se tratando de vocábulos relacionados a assuntos amorosos. O inglês tem flirt e flirtation, enquanto o português tem, entre outros, paquera, azaração, xaveco e até flertar. Mas esses termos são próximos à flirt e à flirtation. A palavra que não existe em inglês é cantada. O motivo da falta desse termo em inglês é, na maior parte, cultural.

Há um site em inglês chamado Hollaback. A missão é publicar fotos de homens flagrados na hora de passar uma cantada. Acontece que, nos Estados Unidos, uma cantada na rua é considerada, quase sem exceção, assédio sexual. Tem até nome: street harassment. Os homens de hoje, em países como Inglaterra e Estados Unidos, andam um pouco paranóicos nas ruas, nas faculdades e nos escritórios, tentando evitar qualquer comentário ou gesto que possa ser interpretado como alusão à beleza física ou relação não-platônica.

Uma cantada em português pode ser boa ou ruim – depende de quem estiver “passando a cantada” – e da maneira de quem está sendo cantada recebê-la. Tem a famosa “cantada de pedreiro”, por exemplo, que muitas considerariam serem de mau gosto. Isso existe em países anglofalantes também:

  • cantada (de pedreiro)
  • catcall (+/-)
  • Ela sentia uma náusea ao ter que escutar as cantadas de pedreiro enquanto caminhava ao trabalho.
  • She would feel nauseous when having to listen to the catcalls as she walked to work.

Só que um catcall é um assobio, o famoso “fiu fiu”, e não exatamente uma cantada. Mesmo na rua, uma mulher brasileira pode levar uma cantada e não se sentir ofendida. Este é um bom exemplo, de um blog pessoal:

Quinta-feira levei uma cantada na rua. Estava eu a atravessar a rua, exatamente em uma esquina, quando vejo um senhor na minha frente: barbudo, roupas largas e sujas, uma garrafinha de pinga embaixo do braço, e no máximo dois dentes na boca. E o que ouço? “Minha nossa, que delícia!” Hum? Comigo? (…) Gente, recebi uma cantada! Se o cara era vesgo, bêbado, sujo e banguela, isso não importa. Elevou minha moral (sic)!

Existe também a cantada dada com vistas à paquera:

  • cantada (xaveco)
  • a come on; a pick-up line (AmE); a chat-up line (BrE) (+/-)
  • Você não precisa me dar uma cantada para me conquistar.
  • You don’t have to use a pick-up line on me to pick me up.

Um come-on é parecido com cantada nesse sentido, só que uma cantada é sempre falada, e um come-on pode ser um gesto, ou até um sorriso. Além disso, a palavra tem conotação mais para negativa. E as expressões em inglês com line (pick-up line, chat-up line) também têm conotação negativa, beirando a cafonice.

Cf. Namorar firme? Como se diz “namorar firme” em inglês?

Além do mais, uma line vem da ideia de line of dialogue (“linha de diálogo”), ou seja, uma coisa a ser decorada, normalmente com o propósito de convencer ou enganar, tanto que existem as expressões buy a linefall for a line (“deixar-se enganar por um papo”), que confirmam essa conotação. A palavra cantada é diferente.

Além disso, todos os termos citados têm como finalidade conversar com a pessoa para, quem sabe, pegar o nome e o telefone dela. O homem (ou a mulher) que dá uma cantada na rua nem sempre quer isso. Pode ser uma simples observação ou comentário.

Cf. Ficar: como se diz “ficar” em inglês? A explicação definitiva…

A maior diferença, contudo, entre cantada e qualquer termo parecido em inglês é o elemento cultural. Moro perto de uma praia bastante frequentada por jovens e fico observando seus rituais amorosos. Uma cena típica é a de um grupo pequeno chamar a atenção de uma delas, ou de todas.

Muitas vezes as meninas nem olham, ou dão um sorriso e continuam andando. Outras vezes, não tão raras, uma ou todas elas param e viram para falar com o rapaz ou rapazes, ou seja, aqui, no Brasil, a cantada é usada porque, às vezes, funciona. A cantada pode ser vista até como um elogio.

Em inglês, não existe equivalente léxico nem cultural.

Referência 2

Como se diz chulé em inglês?, de Ron Martinez, Editora Campus/Elsevier, 2007. Leia a resenha para obter mais informações a respeito da obra.


Observação deste blog sobre a cantada

Para quem ainda está em dúvida sobre o que é legal e o que não é na hora do approach, a Paula Lima explica bem didaticamente e com um balanço sensacional! 😉 Será que é tão difícil entender a diferença? Respeito é bom e todo mundo gosta! O vídeo é este:

Cf. Como dizer “dar em cima” em inglês?

Cf. 10 dicas infalíveis para você aprender inglês de uma vez por todas!

Cf. YouTube EDU: o Tecla SAP agora faz parte da rede YouTube Educação!


Vocabulário

Assista aos vídeos da playlist Vocabulário do canal Tecla SAP com Ulisses Carvalho no YouTube! Você já deve saber que é preciso esforço diário para você conseguir aumentar seu vocabulário de inglês. Não é novidade para ninguém que ter um vocabulário amplo e variado na língua inglesa é indispensável para você se comunicar com fluência e confiança! Agora que você já sabe dizer cantada em inglês, você não vai parar por aí, vai?

https://www.youtube.com/watch?v=1vo78byBfFY&list=PLcM64ZZJ2Mi0gZ_KIfyBi8rOkISd84Ebd

Clique aqui e confirme para se inscrever no canal Tecla SAP com Ulisses Carvalho no YouTube. É grátis! Enriqueça seu vocabulário de inglês, aperfeiçoe sua pronúncia e amplie seus conhecimentos gerais. Bons estudos!


Speak up! We’re listening…

O que você achou das dicas dos professores Jack Scholes e Ron Martinez sobre como dizer (ou não dizer) cantada em inglês? Nós do Tecla SAP gostaríamos de saber se as informações foram úteis para você ampliar seu vocabulário. Por favor, envie sua resposta na seção de comentários, no rodapé desta página. Muito obrigado pelo interesse e pela participação.

Dicas por e-mail

Cadastre-se para receber as dicas do Tecla SAP por e-mail. Ou vai continuar perdendo oportunidades por não ser fluente em inglês? Até quando? É tudo grátis e você não leva nem 30 segundos para se cadastrar! Você vai passar a receber uma seleção dos melhores textos de um total de mais de 4.600 posts! Clique no botão abaixo, digite nome e e-mail e mais nada! Você ainda ganha o e-book Aprenda inglês com humor – Micos que você não pode pagar! E isso é só o começo! Você vai se surpreender com a quantidade e a qualidade do material que você vai passar a receber gratuitamente. O que você está esperando?

Quero receber as dicas de inglês e o E-BOOK de presente!

YouTube, Twitter e LinkedIn

Por que não continuar nas redes sociais a conversa sobre cantada? Escolha uma das opções a seguir para deixar seu inglês sempre em dia! Afinal de contas, não é possível prever quando você vai precisar daquela palavrinha ou expressão idiomática na hora de se comunicar em inglês. A prática constante é a única saída!

  • Inscreva-se no canal do Tecla SAP no YouTube.
  • Siga @teclasap no Twitter.
  • Não consigo aceitar novos pedidos de amizade porque atingi o limite máximo de 30 mil conexões. Você pode, no entanto, seguir meu perfil no LinkedIn. Estou sempre publicando dicas por lá também.

Você já deve ter ouvido um monte de vezes que é fundamental manter contato com o idioma estrangeiro, não é? Essa é, portanto, sua oportunidade de receber notificações diárias para aprender e/ou rever conteúdo essencial para você aperfeiçoar seus conhecimentos de inglês. Estou te esperando para continuarmos nas redes sociais esse nosso papo sobre cantada. A gente se fala muito em breve…

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
José Firmino
José Firmino
6 anos atrás

No Brasil é assédio também. A diferença é que no Brasil a cultura mais machista não leva o assédio tão a sério.

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  José Firmino

José, tudo bem?

Obrigado pela contribuição. Volte mais vezes.

Abraços

Guto Bernardo
Guto Bernardo
7 anos atrás

Também temos o “make a pass”. She couldn’t believe Tony made a pass at her yesterday.

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Guto Bernardo

Guto, tudo bem?

Bem lembrado! Obrigado pela contribuição. Volte sempre!

Abraços