FOUND x FOUNDED x FUNDED: qual é a diferença entre elas?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Ulisses Wehby de Carvalho

FOUND x FOUNDED x FUNDED

FOUND [encontrado, achado; fundar]
FOUNDED [fundado]
FUNDED [financiado, custeado, patrocinado]

found x founded x funded

É grande a confusão gerada por três palavras bastante semelhantes: found x founded x funded. A primeira, found, pode ser o passado e o particípio passado do verbo irregular to find (encontrar) além, é claro, do verbo “fundar” no infinitivo. A segunda pode ser a forma verbal que representa o passado e o particípio passado do verbo regular to found (fundar). Funded, por sua vez, é o passado e o particípio passado do verbo regular to fund (financiar, custear, bancar etc.). Consulte um bom dicionário de inglês para conferir todas as acepções possíveis dessas palavras.

  • I have found the car keys.
  • Encontrei a chave do carro.
  • The project is partially funded by the World Bank.
  • O projeto é financiado, em parte, pelo Banco Mundial.
  • When my grandfather founded the company sixty years ago, he knew that strong partnerships were essential to its success.
  • Quando meu avô fundou a empresa há sessenta anos, ele sabia que parcerias sólidas eram essenciais para o sucesso da companhia.

Cf. Verbos irregulares

Cf. Irregular verbs: Como aprender os verbos irregulares

Cf. Preposições: Chave de casa, chave do carro etc.

Speak up! We’re listening…

Você gostou da dica de hoje? Conhecia a diferença entre “FOUND x FOUNDED x FUNDED”? Nós do Tecla SAP gostaríamos de saber como essas informações serão úteis para o seu aprendizado da língua inglesa. Por favor, envie seu comentário no rodapé desta página. Agradecemos a gentileza.

Dúvidas de inglês? É só perguntar no Fórum!

O Fórum Tecla SAP é o espaço que você vai usar a partir de agora para esclarecer suas dúvidas de inglês sobre vocabulário, gramática, pronúncia etc. O cadastro é rápido e gratuito. Venha interagir com alunos de inglês de todos os níveis e professores experientes sempre dispostos a ajudar. Você vai adorar!

Referência: “Guia Tecla SAP: Falsas gêmeas” de Ulisses Wehby de Carvalho, ©Tecla SAP, 2014. Leia a resenha.