Não me lembrei de como se diz “penca” em inglês! E agora?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Ulisses Wehby de Carvalho

Penca

Depois de terminar um trabalho de tradução simultânea sobre educação há poucas semanas, notei que a diretora da escola onde o evento havia sido realizado conversava em inglês com a palestrante, uma pedagoga americana. Eu e minha colega recolhíamos os receptores do equipamento portátil. Notando a nossa presença, a diretora resolve pedir ajuda e nos pergunta:

– Como se diz “penca” em inglês?

penca

Referência: Top 100 – As cem melhores dicas do Tecla SAP de Ulisses Wehby de Carvalho, ©Tecla SAP, 2014.

Nós dois não nos lembramos de imediato da palavra da língua inglesa. Sem hesitar, usamos uma paráfrase, ou seja, explicamos com outras palavras o que é uma penca de bananas em inglês. Imediatamente, a própria pedagoga disse:

Oh, you mean a “bunch of bananas”!

Desvendado o mistério, a conversa entre as duas prosseguiu animada e nós continuamos guardando o equipamento. No caminho de casa, no entanto, fiquei pensando no ocorrido e até me senti um pouco chateado por não ter me lembrado da palavra em questão.

Cf. Tradução Simultânea: O maior inimigo do intérprete

Decidi, portanto, que esse episódio viraria um post do Tecla SAP por dois motivos. O primeiro deles, o mais óbvio, é o fato de muitas pessoas não conhecerem a expressão “penca de bananas”. O segundo, ainda mais importante, é percebermos que não temos obrigação de sermos dicionários ambulantes e termos todas as respostas prontas na ponta da língua o tempo todo.

Nunca é demais salientar que a locução bunch of bananas não faz parte do cotidiano da língua inglesa tanto quanto na vida diária de quem mora em um país tropical como o Brasil. Com poucas exceções, o maior contingente de anglófonos se concentra em regiões mais frias do planeta. Embora a banana faça parte do dia a dia  das pessoas também nesses países, a bananeira e as pencas não. Podemos concluir que a palavra bunch com o sentido de “penca” não aparece com tanta frequência em filmes, músicas, livros etc. Essas são inegavalmente a principal fonte de onde os brasileiros estudantes de inglês retiram subsídios para construírem seu vocabulário.

Não pense que essa história é uma desculpa para explicar um lapso de memória de dois intérpretes de conferência. Decidi relatar o episódio para que você não sinta culpa caso não se lembre de uma determinada palavra ou expressão da língua inglesa. Se acontece com dois profissionais experientes por que não poderia acontecer com quem está dando os primeiros passos no idioma? Afinal de contas, “herrar” é “umano”! 😉

Cf. We all make misteaks.

Cf. Gramática: GRINGOS ALSO MAKE MISTAKES

Cf. Como dizer “Você tem razão.” em inglês?

Speak up! We’re listening…

Gostou do texto? Acha que ele foi útil para o seu aprendizado? Escreva um comentário para a gente e contribua para o debate. Muito obrigado!

Google+ e Twitter

Adicione meu perfil no Google+ e participe de Hangouts comigo. Se preferir receber o conteúdo do Tecla SAP pelo Twitter, siga @teclasap. A gente se fala…

Pela educação

Compartilhe o material com os amigos nas redes sociais se você também acha que conteúdo educacional deveria ser mais divulgado na Internet. Muito obrigado pela participação!

Referência: Top 100 – As cem melhores dicas do Tecla SAP de Ulisses Wehby de Carvalho, ©Tecla SAP, 2014.