Pau duro: como podemos dizer “pau duro” em inglês?

Tempo de leitura: 3 minutos

Pau duro by Jack Scholes

Pau duro

Como se diz “pau duro” em inglês?

pau duro

A HARD-ON
[ereção; pau duro]

  • He has a hard-on.
  • Ele está de pau duro.

Na gíria, usa-se também a boner e a stiffy (UK) para designar um pênis ereto.

CfQual é a tradução da gíria “DICK”?

Cf. O que a gíria “HAND JOB” significa?

Cf. Grelo: como dizer “grelo duro” em inglês?

A pronúncia de palavras equivalentes a pau duro

Clique para ouvir a pronúncia americana das palavras equivalentes a pau duro hard-on, bonersegundo o Macmillan Dictionary, e a pronúncia britânica de stiffy, segundo o Oxford Dictionary. Bons estudos!

CfComo se diz “bem-dotado” em inglês?

Cf. Como se diz “bater punheta” em inglês?

CfSCHMUCK: qual é o significado e a tradução de “SCHMUCK”?


Palavrões em inglês sem censura! Só para maiores!

Este vídeo contém os principais palavrões da língua inglesa com tradução sem filtro! O conteúdo é dirigido ao público adulto que tem maturidade e discernimento para saber que não estou fazendo apologia ao uso de palavras e expressões vulgares. Não assista ao vídeo se você não se enquadrar nesse perfil.

Não se deixe iludir pelas traduções filtradas de legendas de filmes e séries! Lembre-se de que você tem controle sobre o que fala, mas não sobre o que ouve. Por essa razão, é muito importante conhecer o verdadeiro significado dessas palavras e expressões.

Curta, comente e compartilhe o vídeo com os amigos. Clique aqui e confirme para se inscrever gratuitamente no canal do Tecla SAP no YouTube. Bons estudos!


Speak up! We’re listening…

Gostou da dica? Você sabia dizer “pau duro” em inglês? Por favor, envie sua resposta na seção de comentários, no rodapé da página.

Dicas de inglês por e-mail

Agora é com você! Cadastre-se para receber as dicas de inglês do Tecla SAP por e-mail. É grátis! Você também vai receber boletins especiais com o melhor dos mais de 4.600 posts já publicados no blog. O cadastro é simples e muito rápido! Basta clicar no botão abaixo e digitar nome e e-mail. E tem mais! Você ainda ganha o e-book Aprenda inglês com humor – Micos que você não pode pagar! Essa dica sobre como dizer “pau duro” em inglês é só o começo! Aposto que você vai se surpreender com a quantidade e a qualidade do material que você vai passar a receber gratuitamente. O que você está esperando? A gente se fala muito em breve do outro lado!

Quero receber as dicas de inglês e o E-BOOK de presente!

Referência

Slang – Gírias Atuais do Inglês, de Jack Scholes – Disal Editora, 2004. Leia a resenha para obter mais informações sobre o livro. Adquira seu exemplar com comodidade e total segurança no site da Disal Distribuidora.

Importante

Longe de querer fazer apologia ao uso de palavras de baixo calão, a intenção é esclarecer mostrando como e onde usar e, principalmente, onde não usar essas expressões equivalentes a “pau duro” em inglês. O conhecimento sempre foi e continua sendo a melhor alternativa à ignorância. Não pense, portanto, que por escutar estes termos com frequência em filmes, letras de música etc. fica “engraçadinho” usá-las no idioma inglês em qualquer situação. Se necessário, use-as com cautela.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

64 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
A person
A person
6 anos atrás

O que significa “Douchebag” em inglês??

Julio Cesar
4 anos atrás
Reply to  A person

Puxa saco acho

Gilberto Lucio
Gilberto Lucio
7 anos atrás

Gente, a imagem do jornalista foi usada pelo fato do sobre-nome dele ser semelhante ao termo “boner”, que também é usado para designar “pau duro”, entenderam? Alias, leram o post todo?

Anon
Anon
7 anos atrás

Na gíria, usa-se também a “boner” e a stiffy (UK) para designar um pênis ereto.
boner = pênis ereto

Saulo
Saulo
7 anos atrás

Por que a imagem do William Bonner?

Saulo
Saulo
7 anos atrás

Porque a imagem do William Bonner

Snowmeow
Snowmeow
6 anos atrás
Reply to  Saulo

Boner = Pau duro em inglês

Waldo
Waldo
7 anos atrás

Nao entendi o por que da foto do jornalista nesta materia…. poderia me esclarecer Ulisses?

valdir
valdir
7 anos atrás

Entrei pela curiosidade do por que da foto do William.
Muito engraçado.

mdscom
mdscom
7 anos atrás

Ficou engraçado a foto do William Bonner ao lado do título da matéria hehe.

Gustavo Rosendo
Gustavo Rosendo
7 anos atrás

oh, spare me! we are sexual creatures and deny it that’s the beginning of many problems… good on you, Ulisses!

Igor
Igor
7 anos atrás

Estudei alemão em colégio de freiras. Não aprendi palavrões. Quando fui à Alemanha, foi um sufoco!

Vitor Boldrin
Vitor Boldrin
7 anos atrás

Boner é gíria só do inglês americano?
E o certo falar é he has a boner ?

Giovanni
Giovanni
7 anos atrás

Stiff? E.g. He couldn’t get stiff. Once an Australian friend of mine told me that.

Elvio
Elvio
7 anos atrás

Bom dia. Sou professor de inglês há muitos anos e sei o quanto os adolescentes querem aprender este tipo de palavreado. Porém, não ensino! Ninguém precisa de aprender esse tipo de termo de um professor. Isso é coisa que eles aprendem por conta própria, fuçando na internet. Tenho um dicionário de inglês vulgar, mas não fica na biblioteca da escola. Só empresto para adultos bem intencionados e curiosos. Faz parte da cultura, sim claro, e é informação, mas fico constrangido em ensinar essas coisas e saber que os pais dos meus alunos saberão que fui eu que ensinei. Vivemos numa sociedade que defende a livre expressão a qualquer custo, muitas vezes sem ensinar valores aos nossos jovens e que muitas vezes aprendem palavrões e os usam no dia a dia com a mesma frequência que usam palavras comuns. Devemos ensinar a eles que tudo tem sua hora e o seu lugar, e nem todo mundo é obrigado a ouvir palavrões só por que são frequentes nos filmes americanos e estão na moda. Aliás, isso é engraçado: palavrões em filmes americanos são suavizados nas versões brasileiras, enquanto alguns filmes brasileiros são cheios de palavrões explícitos. Sou defensor do ensino do pudor, da boa educação, de respeitar o ouvido e os valores de quem ouve. Quando meus alunos perguntam coisas muito cabeludas, digo a eles: “google it”. Desculpe o desabafo Ulisses.

Damaris
Damaris
7 anos atrás
Reply to  Elvio

Gostei, Elvio.

Beatriz Luiza Previdi
Beatriz Luiza Previdi
7 anos atrás
Reply to  Elvio

Nossa, isso é a mesma coisa que evitar falar sobre drogas ou sexo com seus filhos: você fica constrangido, sabe que é CONSIDERADO errado por muitos em determinadas situações, mas é uma coisa que eles vão aprender, independente de ser você quem ensinará isso a eles ou não, e eles vão usar/fazer um dia provavelmente.
Não é porque algumas pessoas usam palavrões descabidamente, sem educação e sem pudor, que os palavrões devem deixar de ser ensinados.
O professor pode e deve ensinar a boa educação, por isso deve explicar o uso e o cabimento do uso dos palavrões, mas evitar isso é a mesma coisa que ser o pai desinformado, que não sabe o que o filho faz porque ficou constrangido de lhe contar a verdade.

Paulo Castro
Paulo Castro
7 anos atrás

Concordo plenamente, além disso, como saberemos diferenciar o certo do errado aprendendo somente um lado. Os palavrões, as gírias e etc devem ser mostradas porque existem mesmo e ensinadas que não devem ser utilizadas. Afinal de contas não saber que o errado existe é f.a.l.t.a. d.e. e.d.u.c.a.ç.ã.o.. Isso mesmo, educação, porque educar não é só dizer “faça isso, faça isso, faça isso”, é dizer também “não faça isso, não fale aquilo”.
Bom trabalho Ulisses, continue o que você faz de melhor (ensinar)!!!

Aline Castilho
7 anos atrás

Concordo!!

Franchesco Sousa
Franchesco Sousa
7 anos atrás
Reply to  Elvio

Caro Elvio, lhe entendo, mas se é para aprender o idioma, que ele seja por completo. Apenas uma opinião…

Daniel
Daniel
7 anos atrás

Thiago Moreira, e se fosse “pé duro”, “braço duro”, “coração duro”? Só porque o pênis (“pau”) é um órgão genital as pessoas (e você ao que me parece) acham que não se pode falar sobre ou só se pode falar “entre gente grande” esse tipo de palavras, como “pau”, “buceta”, etc.

Ulisses faz um excelente trabalho de tradução e ajuda a 100% das pessoas que acessam o blog. As vezes saber essas expressões ajudem a entender quando alguém fala sobre isso, sem que se pague um mico por não saber.

Ulisses, obrigado e continue com os ensinos.

Abração.

Nestor Albuquerque
Nestor Albuquerque
7 anos atrás

So much for this discussion! The best explanation is at the “Observação deste blog” paragraph … Well done, Ulisses!

Rodrigo G.
Rodrigo G.
7 anos atrás

Vou confessar que o Bonner realmente deixa alguns de nós com um boner… rs

Elton Luz
Elton Luz
7 anos atrás

I really feel that’s important to talk about the subject above, but for the sake of it, let’s not lose track of the real matter here.

Arlanne
Arlanne
7 anos atrás

E o melhor é aprender os palãvroes primeiro em Inglês haha vá que alguém te xingue em Inglês e vc diz:-” Yes, I do” hahah

Valeu Ulisses!!! Conhecimento é fundamental! 🙂

Arlanne
Arlanne
7 anos atrás
Reply to  Arlanne

Sorry *palavrões

Gary Cobin
Gary Cobin
8 anos atrás

Keep it up Thiago! Nothing personal–the good work I mean;) I’m American from New York and help to teach Portuguese here in the USA. I find your Blog refreshing for its candor and intelligence.
I use it in reverse to learn Portuguese idioms. Muito Obrigado!! Garioca

Fernanda
Fernanda
8 anos atrás

Gosto muito do site e sempre acompanho as postagens, inclusive as dos “slangs”. E considero importante aprender este tipo de vocabulário, até mesmo para saber quando e onde usá-lo adequadamente. Mas eu concordo com o Thiago e acho que vocês o interpretaram mal. Eu não sou nenhuma moralista, mas é realmente estranho receber um e-mail ou uma mensagem com esse título; por isso acho interessante a idéia de criar uma seção do site para esse vocabulário mais “pesado”. De qualquer forma, ainda acho o Tecla Sap um dos melhores sites de dicas de inglês.

Ps.: O que o Bonner tem a ver com o post? rsrs

Thiago Moreira
Thiago Moreira
8 anos atrás
Reply to  Fernanda

Fernanda,
Você entendeu exatamente o que eu venho tentado dizer. O que eu sugiro não é deixar de abordar estes temas, mas simplesmente dar um tratamento mais apropriado a este conteúdo. Obrigado pelo apoio.