SHIT x SHEET: We don’t use this s… in Brazil!

Tempo de leitura: 4 minutos

Anônimo

SHIT x SHEET

Após ler no Tecla SAP algumas contribuições interessantes na seção “Micos em inglês”, resolvi também compartilhar alguns dos momentos constrangedores que já vivenciei durante minhas viagens. A história que reproduzo aqui se passou comigo há alguns anos nos Estados Unidos.

shit x sheet

Minha empresa me enviou para fazer um treinamento que foi realizado em uma conhecida cidade americana. Foram enviados para lá funcionários de diversos países. Como o inglês também não era o idioma materno do instrutor, houve algumas confusões linguísticas durante aquelas três semanas de curso. A minha não foi a única!

Em um dado momento, eles exibiram uma planilha interessante e pediram para um representante de cada equipe mostrar qual modelo usavam em seus respectivos países. Quando chegou a minha vez de mostrar a que usávamos, fiz questão de deixar claro que o formato era diferente. Disse, portanto, o seguinte:

– We don’t use this sheet in Brazil! [Não usamos essa planilha no Brasil!]

Não entendi o motivo na hora, mas algumas pessoas começar a rir e um dos participantes levantou a mão sugerindo um high five e falou o seguinte:

– That’s it, bro, I don’t like this shit either. [É isso aí, meu irmão, também não gosto dessa merda.]

Foi aí que percebi que eu tinha feito uma confusão com as pronúncias de shit x sheet. Em outras palavras, minha intenção era dizer sheet (planilha), mas acabou saindo outra coisa e eles entenderam shit (merda). Depois de o mal-entendido ser esclarecido, todos entenderam o que eu queria dizer, mas, é claro, a diferença de pronúncia entre shit x sheet virou brincadeira durante as três semanas que estive lá!

CfPronúncia do “i”

Cf. SHIT! 15 expressões em inglês com a palavra “SHIT”?

CfJACK SHIT: qual é o significado e a tradução dessa gíria vulgar?

Moral da história

A diferença de pronúncia entre shit x sheet é quase imperceptível ou, na melhor das hipóteses, muito sutil para os ouvidos da maioria dos alunos brasileiros de inglês. A razão é simples: como não fazemos essa distinção entre esses dois sons na nossa língua materna, temos maior dificuldade de reproduzi-los e identificá-los na língua estrangeira.

O som do “i” em “shit“, “bit“, “sit“, “it” etc. é um pouco mais curto e fechado, se aproximando um pouco do som do “e”. O som do “ee” em “sheet“, “feet“, “meet” e também do “ea” em “beat“, “seat“, “feat“, entre outras palavras, é um som de “i” mesmo, um pouco mais longo, quase como se fossem duas letras “i” juntas. Para tirar a dúvida, clique nos termos acima para ouvir o arquivo de áudio do “Collins Dictionary”.

Além do tropeço na pronúncia de shit x sheet, é claro que houve também uma pontinha de maldade por parte dos colegas de empresa. Eles aproveitaram um pequeno deslize para pegar no pé do protagonista da história de hoje. A própria estrutura da frase We don’t use this s… também não ajudou muito.

Não deixe de ler o texto “Vovó e vovô: você confunde os sons das duas palavras?” para entender o problema a partir de outra perspectiva. Ao entender a dificuldade que os falantes de espanhol têm para distinguir os sons de “ó” e “ô”, tão diferentes para os nossos ouvidos treinados, podemos traçar um paralelo com a diferença entre shit x sheet. Como sempre, envie sua opinião na seção de comentários dos respectivos posts.

Assista ao vídeo!

Se você gostou dessa história e quiser ler outras semelhantes, conheça o livro “Aprenda inglês com humor – Micos que você não pode pagar”, de Ulisses Wehby de Carvalho, ©Tecla SAP, 2012. Leia a resenha.

Envie sua colaboração!

Quem nunca deu uma bola fora ao falar inglês? Os relatos de situações constrangedoras vividas por quem ainda não possui domínio da língua inglesa têm o objetivo de divertir, ensinar e evitar que mais gente caia nas mesmas armadilhas. Se você conhece um caso parecido, envie sua contribuição para [email protected]. Nomes e e-mails não são divulgados.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

54 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lucas Avelino Souza
Lucas Avelino Souza
3 anos atrás

Excellent hints !!!

trackback

[…] Cf. SHIT x SHEET: We don’t use this s… in Brazil! […]

Ulisses Wehby de Carvalho

Cristina, como vai?

Ouch! Acontece nas melhores famílias… 😉 Obrigado por compartilhar sua história conosco. Volte sempre!

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

All the f****** time! 😉

Poliana Almeida
4 anos atrás

I can notice the difference between the sounds, but to pronounce is much more difficult!

Ulisses Wehby de Carvalho

Hi, Poliana!

Right you are! Thanks for the feedback.

Take care

antonio gomes lacerd
antonio gomes lacerd
4 anos atrás

Have a good and happy week, the best!

Ulisses Wehby de Carvalho

Edna, tudo bem?

Muito obrigado pelo feedback. Volte sempre!

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Yan, tudo bem?

Obrigado pelo feedback. Volte mais vezes!

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Kazuo, tudo bem?

Obrigado por compartilhar sua história conosco. Tropeços como esse acontecem… Faz parte do aprendizado… 😉 Volte sempre!

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Ana, tudo bem?

Concordo plenamente com as suas observações. Devemos, no entanto, sempre levar em conta o contexto porque, em geral, as palavras não são pronunciadas isoladamente. Um pouco de boa vontade por parte de nossos interlocutores também ajuda.

Abraços

Ulisses Wehby de Carvalho

Gabriel, tudo bem?

Você tem razão. A observação que costumo fazer nesses casos é sempre levam em conta o contexto. Aliás, é o que não acontece nesse vídeo justamente por se tratar de humor. Na prática, o resultado não costumo ser tão trágico assim… 😉

Obrigado pela gentileza em comentar. Volte sempre!

Abraços

Marcio Roberto
Marcio Roberto
4 anos atrás

Essa é a primeira vez que penso na diferença entre palavras como beat e it, por exemplo. Uau…

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Marcio Roberto

Márcio, como vai?

Muito obrigado pelo comentário. Pois é, essa é uma diferença fonética importante. Não vai acabar o mundo se a pronúncia de “it” sair como a de “eat”, mas sempre é bom dar uma caprichadinha porque esse é campo minado para quase todo brasileiro que está aprendendo inglês.

Abraços

trackback

[…] é dor de cabeça frequente para o brasileiro aluno de inglês. Mais sobre o tema em “SHIT x SHEET: We don’t use this s… in Brazil!” e em “BEACH x BITCH: qual é a diferença de […]

trackback

[…] Cf. SHIT x SHEET: We don’t use this s… in Brazil! […]

trackback

[…] A segunda armadilha de pronúncia é o som do “I”. Trata-se de um som um pouco mais fechado do que o “I” em português e um pouco mais curto em duração. O som do “I” em slipknot é bem diferente do som de “I” em sleep, por exemplo. É o mesmo problema que nós brasileiros enfrentamos para pronunciar os pares eat / it, beat / bit, beach / bitch, entre várias outras duplas. Para se aprofundar no assunto, leia os posts “Pronúncia do ‘I’” e “SHIT x SHEET: We don’t use this s… in Brazil!“. […]

Ulisses Wehby de Carvalho

mcanale, tudo bem?

Obrigado pelo relato de sua experiência. Volte sempre!

Abraços

Alecio Lyra
Alecio Lyra
5 anos atrás

Hoje de manhã eu ajudei o Gerente Geral da empresa que trabalho. Ele é sul-africano e trabalhamos no Congo, então imaginem a Torre de Babel que temos aqui, pois tem expatriado de todos os lugares do mundo: costumamos dizer que os churrascos no fim de semana parecem uma convenção da ONU.

Anyway… estávamos numa reunião com contratadas e o cara tava pedindo para dois gerentes resolverem um problema de produção enquanto apresentava o gráfico de produção e soltou: “You guys have to fix this shit until the weekend”. Os caras olharam pra ele meio de lado e o chefe (que realmente queria dizer “merda”), começou a se justificar porque percebeu a reaçao negativa dos gerentes das outsources.

Como eu sei que existe um problema sério de comunicação na hora de lançar os dados no sistema, na mesma hora eu lembrei desse post e interrompi o poderoso chefão: “Guys, he is talking about the Excel spreadsheet… you have to talk with your people and fix it.”

Resumo da ópera: o chefe me agradeceu por salvá-lo da saia justa. E espero que as contratadas agora resolvam a cagada que estão fazendo.

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Alecio Lyra

Alécio, tudo bem?

Excelente sacada! Fico contente em saber que o texto do Tecla SAP o inspirou a evitar um “incidente diplomático” e tirar o chefe da saia justa. Ponto para você! Parabéns!

Obrigado por compartilhar a história com os outros leitores do blog. Volte sempre!

Abraços

Bismark Rodrigues Franco
Bismark Rodrigues Franco
5 anos atrás

Excelente dica! Ainda mais por ser menos comum encontrarmos a pronúncia de “shit” durante os estudos com livros e aúdio…rs

Ulisses Wehby de Carvalho

Bismark, tudo bem?

Obrigado pelo elogio. É verdade, mas encontramos com frequência as pronúncias de it, bit, sit, fit, knit, skid, skip, quit, lit, kit, ditch, stitch, mill, kill, bill, still, entre muitas outras… 😉

Obrigado pela gentileza de comentar. Volte sempre!

Abraço

Ulisses Wehby de Carvalho

Maurício, como vai?

Sei muito bem do que você está falando… 😉

Usa-se “spreadsheet” para dizermos “planilha” em inglês na grande maioria dos casos. Você está certíssimo.

O relato do rapaz, no entanto, poderia se referir a uma planilha em papel, mesmo que ela tivesse sido montada no Excel ou equivalente. Ele provavelmente fez referência à “folha” em si. Daí o uso de “sheet”. Além disso, não podemos nos esquecer de que falar inglês na frente dos pares gera um stress adicional.

Não nos esqueçamos da “dramatização” da história, que fica por conta desse blogueiro, jurássico na idade, mas bem menos spielberguiniano na criatividade. 😉

Abraços

Mauricio lopes
Mauricio lopes
5 anos atrás

Ulisses,
Captei a mensagem digníssimo mestre 😉
Muito obrigado !
Saiba que eu encontrei outra palavra com a mesma pronúncia !
Assistindo o primeiro filme da série 007, “Dr. No – 1962”, nos primeiros diálogos um ator utiliza a palavra “CHIT”.
É uma palavra bem pouco utilizada ou teremos que mudar o título do post ??? 😉
Abração e obrigado pela motivação constante do Blog e de seus comentários !!

Mauricio Lopes.

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Mauricio lopes

Maurício, blz?

Oh, chit! Não é para tanto… 😉 Escrever outro post é bem mais provável.

Você acaba de me dar uma ideia para escrever sobre “cheat sheet”, outra pegadinha da mesma família de “chit” e de uso mais frequente.

Valeu!

Ruan N.
Ruan N.
5 anos atrás

Essa e a da professora boca suja foram as melhores até o momento hands down. E lamentavelmente pessoas ja chegaram a me dizer que consideram pronuncia um ponto secundario ou irrelevante no aprendizado.

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Ruan N.

Ruan, tudo bem?

A pronúncia tem, é claro, importância. Exagero nunca é bom. Para nenhum dos lados, é claro! Obrigado pelo interesse no Tecla SAP.

Abraços

Ruan N.
Ruan N.
5 anos atrás

Concordo Ulisses exagero é sempre ruim. Não sei se voce está dando alguma palestra sobre tradução/interpretação, se sim gostaria se possivel que informasse onde e quando. Gostaria de comparecer. Abraço.

Ulisses Wehby de Carvalho
Reply to  Ruan N.

Ruan, tudo bem?

Obrigado pelo interesse. A última palestra que dei foi no Congresso da Abrates, em São Paulo, no começo de junho. Não tenho nada programado no momento. Costumo fazer a divulgação aqui mesmo no blog quando sou convidado a falar.

Abraços