POLICY é falso cognato e não quer dizer o que você está pensando…

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Ulisses Wehby de Carvalho

POLICY

POLICY [política (diretriz, norma); apólice (de seguro)]
POLICE [polícia]
POLITICS [política (ciência política)]

policyA confusão feita entre “POLICY”, “POLICE” e “POLITICS” parece interminável. Muito bem, vamos acabar de vez com ela. Você já deve estar cansado de assistir a filmes em que aparecem carros de polícia, não é mesmo? Procure se lembrar da inscrição pintada nessas viaturas (POLICE) e grave na memória essa imagem. A diferença entre “POLICY” e “POLITICS” é um pouco mais sutil. As duas palavras querem dizer “política”. “POLITICS” se refere à ciência que trata dos fenômenos relativos ao Estado. “POLICY”, por outro lado, se refere à diretriz, aos princípios, à filosofia, à linha de ação, etc. implantada por qualquer tipo de organização, até mesmo o próprio governo. Prova disso são as expressões “FOREIGN POLICY” (política externa) e “US POLICY ON IRAQ” (política [externa] americana sobre questões relativas ao Iraque). Ainda confuso? Bem, observe com atenção os exemplos a seguir. Precedido ou não por “INSURANCE”, o substantivo “POLICY” pode significar também “apólice de seguros”.

Cf. Ortografia: Parlamento
Cf. Mais Falsos Cognatos

  • What is Labour’s policy on arms sales? (The Guardian)
  • Qual é a política do Partido Trabalhista com relação à venda de armas?
  • Don’t use the excuse, “It’s company policy.” No phrase is more frustrating to customers than to be told they won’t be listened to as an individual. (USA Today)
  • Não use a desculpa: “É norma da empresa”. Não há nada mais frustrante para o cliente do que saber que não será ouvido.

Cf. Textos Mastigados – Agora com áudio!
CfCombo Armadilhas de Tradução + Falsos Cognatos
CfCOPS: por que os “policiais” são chamados assim em inglês?

Referência: “Guia Tecla SAP: Falsos Cognatos” de Ulisses Wehby de Carvalho – © Tecla SAP, 2013. Leia a resenha.